Atitude 67 tem nova label: Art in Nudes 67

O Carnaval pode ter passado, mas – no que depender do Atitude 67 – a farra continua. É que nesse dia 6 de março, eles lançam pela Universal Music uma nova etapa do projeto “Label 67”. Trata-se do “Art in Nudes 67”, com cinco músicas que prometem manter o astral lá em cima. Ah! De onde vem a expressão “label”? É o termo que batiza as festas feitas pelos artistas, em paralelo aos shows. E, como já virou tradição no projeto, um dos músicos do grupo assume a função de embaixador. Coube a GP a ‘responsa’ de ser o porta-voz desse trabalho.

“O Art in Nudes 67 representa a arte na sua mais completa nudez, nua e crua!”, opina o padrinho. “Pra mim, é a label mais especial, pois traz em sua sonoridade e visual referências ao Laje 67, de 2018, que é um dos registros mais incríveis que já fizemos. Estamos muito felizes com o resultado de tudo isso e queremos que escutem sem moderação, viram? Bora, doidos?!”, convoca GP.

Numa boa mistura de ritmos, que passa pelo rap e esbarra no reggae, o Atitude 67 levanta a galera com “E Aí Bateu” (A67, Gabriel O Pensador e Análaga). Com uma levada que evoca Jorge Ben Jor, os músicos botam pra quebrar no palco do Espaço Barra Funda, em São Paulo: “(…) E aí bateu, eu disse ‘demorô’, olhei pra natureza, até pensei que tu era flor”. Gabriel O Pensador, convidado mais que especial na música, manda o recado: “Cada relação é de um jeito, ninguém é perfeito, então um casal não vai ser”.

Como o formato do palco onde o projeto foi gravado permitia que a banda entrasse em sintonia com o público, essa vibração pode ser sentida em cada faixa. É o caso de “Vem”, em que versos como “O nosso lance vem de outras vidas” parecem ser dedicados aos seguidores. Com seu canto quase falado, a música tem um balanço irresistível: “A gente se enrosca, chega junto, não importa / O que já passou, o que ainda tá pra acontecer”. E tem mesmo muito pra acontecer, como diz o refrão: “Vem, que eu quero esse sorriso solto, que só você tem”.

Já em “B.O.”, a batida de samba com rap dá o tom. A música começa com uma ‘D.R.’ bem-humorada: “Pra entrar na tua brisa, até meu churrasco eu parei de comer”. Mas o modo superação está ativado, como frisa o refrão: “Esse B.O. não é mais meu, liguei o modo vagabundo / E já que esse B.O. não é mais meu, agora sou de todo mundo”.

Entre as faixas de “Art in Nudes 67”, tem ainda “Desarrumar”, que conta com a presença impactante de Tassia Holsbach, cantora e compositora de Campo Grande (MS). E logo no começo a galera do Atitude avisa: “Cês sabem que a gente gosta tanto de se desarrumar, né?”. Trata-se de uma história típica de começo de romance, que retrata aquele momento de ansiedade, quando a figura está prestes a chegar. “Eu juntei do chão toda a roupa / Eu arrumei o colchão com o lençol novinho em folha que eu ganhei / Coloquei o som baixinho, assim relax, lá pra tocar”. Quem nunca, né? E para arrematar, filosofam: “É difícil dizer, mais ainda explicar, pro meu quarto entender / Que toda vez que arrumo ele, você vem desarrumar”.

E o rap volta em “Plutão”, mas de forma mais suave. E com direito a convite especial: “Já comprei a nave, eu já peguei a chave, quero saber se você vem”. A letra esperta sugere um passeio romântico pela via láctea. “Simbora pra Mercúrio só pra ver qual é / Com férias em Netuno só pra relaxar”, propõe. “Plutão não é mais planeta, mas cê pode crer que volta a ser com nós dois lá”. Alguém duvida?

Além das músicas, tem outra boa notícia para os fãs: os clipes dessa nova leva serão revelados um por semana. Junto ao label “Art in Nudes 67”, nessa sexta-feira também chega às plataformas o vídeo de “E Aí Bateu”, no qual Gabriel O Pensador surge no Campinho em Araçariguama, em São Paulo, a locação escolhida pelos músicos para retratar seus sonhos, rendendo momentos para lá de especiais. O rapper interage com o grupo não apenas nas cenas externas, mas também no Espaço Barra Funda, via celular.

E vale anotar: Até o dia 2 de abril, os fãs vão sempre ‘quintar’ com um clipe inédito. Ou seja, toda quinta-feira vai ter um trabalho audiovisual diferente, marcado por uma edição nada previsível, cores incríveis e efeitos inesperados. Além disso, no dia 10 de abril a Universal Music disponibilizará um álbum com as melhores músicas das labels (Label 67, Sunset 67 e Art in Nudes 67) e também faixas inéditas. Para comemorar a conclusão dessa jornada vitoriosa, acontecerá um megashow de lançamento no dia 9, no Espaço das Américas.
Depois de tanta festa, é só esperar a próxima do Atitude 67… Afinal, quando se trata do grupo, o que não falta é surpresa.

Ouça: