Com pegada ‘surf’, Lagum se transforma em uma das bandas mais ouvidas do ano

 

A história começou em 2014, com a reunião de alguns amigos de infância para formar uma banda. Até aí a história da Lagum se confunde com a da maioria das bandas que existe atualmente. Só que a pegada surf, com pitadas de rock e letras positivas fez com que os mineiros Francisco Jardim (baixo), Otávio Cardoso (guitarra/vocal), Pedro Calais (vocal), Glauco Borges (guitarra) e Tio Wilson (bateria) se transformassem numa das bandas mais ouvidas em 2018.

Parte desse sucesso foi com a música “Deixa”, de 2016, que ganhou neste ano a participação da cantora Ana Gabriela. A música caiu até no gosto do jogador Neymar, que postou um story no Instagram curtindo o som.

O Caderno Pop bateu um papo com o vocalista, que contou um pouco do processo de produção da banda. Segundo ele, a Lagum teve algumas trocas de integrantes no decorrer dos anos e a fórmula atual parece ter acertado em cheio. Tanto é que o contrato com a gravadora Sony Music chegou neste ano, depois que os meninos receberam uma ligação do empresário da banda Skank. “Ele fez contato com a gente e nos apresentou pro pessoal da gravadora”, lembra Pedro.

As composições são todas dos meninos, que têm enchido casas de shows em várias cidades de Minas Gerais e já rodaram Estados como Santa Catarina, Paraná, Goiás e São Paulo. Algumas das canções foram produzidas pela Head Media, dos produtores Marcelinho Ferraz e Pedro Caropreso. “Quando eu conheci o que eles faziam, a sonoridade deles, eu pirei. A gente entrou em contato, eles foram pra BH e a gente gravou por lá. Eles conseguem transformar coisas simples em instrumentos, é demais”, conta o vocalista.

Para 2018, a Lagum deve lançar mais três músicas e a expectativa é que, ainda no primeiro semestre do ano que vem, a banda apresente ao público o segundo álbum de estúdio, sendo o primeiro com uma gravadora – em 2016 eles lançaram de forma independente “Seja o que eu quiser”, com oito faixas. Segundo Pedro, já tem bastante coisa gravada e o disco será todo autoral.

Assista “Deixa”, com Ana Gabriela:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *