Como Pedro Sampaio se tornou o grande hitmaker do Carnaval 2020

Pedro Sampaio no Carnaval na Cidade, em SP. Crédito: Divulgação

Já há algum tempo, a música “Sentadão” tem dominado as paradas das plataformas de streaming. O nome do autor, Pedro Sampaio, também já era conhecido por muitos. Mas foi no Carnaval de 2020 que ele se tornou o grande nome dos principais eventos.

Com uma agenda lotada – pelo menos nove shows em vários Estados do País – Pedro levou o “Sentadão”, “Vai Menina” e outros dos seus grandes hits para a folia.

No palco, ele leva pirotecnia, muito LED, chuva de papel e uma energia que não tem como ficar parado.

Em São Paulo, por exemplo, Pedro participou do Carnaval na Cidade, evento que teve, no mesmo dia, Alok, Luan Santana e Anitta. Ele ainda passou por Salvador, Ouro Preto, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Recife.

Com pouco mais de dois anos na estrada profissional, Pedro Sampaio já está conquistando fãs por todo o Brasil. Com um estilo único, possível a partir da mistura do hip hop, eletrônico, pop e funk, o artista é conhecido por seus “live edit” incríveis transmitidos pelo YouTube.

Pedro Sampaio adora criar mashups inusitados. Seu “open format”, mistura de Vai Malandra com sertanejo, em uma versão trap de “O Nosso Santo Bateu”, traz também “Memories”, do Vintage Culture, “Pimp”, do 50 Cents, e “Dança da Mãozinha”, do Tchakabum. O resultado? Uma balada empolgante que não deixa ninguém parado.

Assista “Sentadão”: