Jay Vaquer assina musical “Aconteceu de Acontecer Assim”

No mês de agosto estreia o espetáculo “Aconteceu de Acontecer Assim” produzido pelo Ceftem (Centro de Estudo e Formação em Teatro Musical) com roteiro, letras e direção musical de Jay Vaquer, direção de Thadeu Torres e coreografias de Clara da Costa. A prática de montagem terá curta temporada no Teatro Cesgranrio, de 6 a 21 de agosto, com apresentações às terças e quartas.

A trama se passa em uma sala de aula, e fala sobre jovens e seus anseios, temores, inseguranças, traumas, descobertas e segredos de treze alunos e do seu professor. Conforme o universo de cada um vai sendo gradativamente revelado, as relações ganham contornos que percorrem trajetórias para muito além da pressuposta superfície.

– É uma história muito importante, pois na medida que a gente vai revelando os personagens da trama, nós vamos percebendo as relações de cada um com a vida, as questões, os anseios, os traumas, os desejos, os medos, isso tudo é muito rico, pois abordamos diversos temas – completa Jay.

Ele também ressalta a importancia do elenco, formado em sua maioria por atores bem jovens, na construção da história “Aconteceu de Acontecer Assim”.

– são jovens incriveis e muito talentosos. Acredito que as pessoas vão querer voltar para assistir mais vezes. Todos verão muita qualidade, muito amor, muita entrega, enfim, muito respeito pelo teatro musical. Isso no mínimo (rs) – ressalta o diretor musical.

A peça é também o segundo trabalho consecutivo de Thadeu Torres no Ceftem. Ele, que atualmente está em cartaz com “Peter Pan, o Musical”, no Rio de Janeiro, codirigiu “A Nobre Arte de Bater a Porta” no final de 2018. Ele fala sobre esse desafio, de junto a Vaquer, criar um musical original completamente do zero.

– Isso só foi possível graças a junção de inúmeros fatores. Primeiramente a confiança em mim depositada e o convite feito pelo Reiner Tenente, coordenador geral do Ceftem, para que eu assinasse minha primeira direção. Somado a isso a parceria, genialidade e generosidade de Jay Vaquer que foi o cúmplice ideal para que toda essa loucura se tornasse real, além de toda a equipe criativa como nossa talentosíssima coreógrafa Clara da Costa e nossos assistentes incansáveis e extremamente dedicados, Sarah Plutarcho, Alina Cunha e Bella Mac – diz o diretor.

Ele também ressalta o elenco de jovens que fazem esta nova produção.

– … eles, dos quais sem a existência nada disso seria possível, nosso elenco, jovem, é super comprometido e multitalentoso e me ensina todos os dias sobre o frescor da arte! Todo esse trabalho foi criado das nossas experiências e vivências durante esse processo. Deixo meu agradecimento final a tudo e todos por esse imenso aprendizado, com a reflexão ilustrada em uma de nossas canções: “Se um dia vou olhar pra trás, sentir saudades disso aqui, e se esse dia não chegar, ainda temos tempo, que não costuma esperar e quando ele passar, será feliz… por um triz!” – completa Thadeu.

Sinopse: Luiza elabora poemas para refletir e digerir circunstâncias da vida. Lourdes busca se expressar através de desenhos controversos. Ana é a “Unicórnia”. Ganhou esse apelido depois que passou a pintar as unhas, um dedo de cada cor. Os dedos do meio, ela sempre pinta de vermelho e é com eles em riste que desenvolveu sua “filosofia de vida” para tudo e todos. Ela inclusa? Duda, na crista da onda, é o “pacote completo” e tem muitos followers. Carol sabe o peso desse pacote como ninguém. Marcela tem uma mãe distraída e isso não é mentira. Talvez. Gabi sofre de uma timidez patológica. Fica no canto da sala em silêncio. Não escolheu o silêncio. Sara escolheu. Manu, Bernardo e Valentina são amigos desde o pré. Criados para a perfeição. Nada menos. Lucas sabe fazer graça bem. Professor Miguel terá um bom dia. Nada fora do normal e o normal tem disso, como qualquer dia, mas nenhum dia é qualquer um.

Aconteceu de Acontecer Assim fica em cartaz no Cesgranrio com sessões sempre às 19h30 às terças e quartas até 21 de agosto.

Aconteceu de Acontecer Assim

Gênero: Musical

Temporada: de 6 a 21 de agosto

Dias: Terças e quartas

Horário: 19h30

Classificação: 12 anos

Duração: 120 minutos

Valor: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia)

Teatro Cesgranrio

Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido – Rio de Janeiro

Ficha Técnica

Elenco: Arthur Bastos, Amanda Saboia, Beatriz Chamas, Brenda Pedrotti, Duda Efroin, José Daniel, Joana Nunes, Julia Klein, Larissa Travassos, Laura Trentin, Marcella Bártholo, Maria Esff, Paula Tavares, Paulo Freitas.

Atores convidados para substituições eventuais: Alina Cunha e João Telles

Texto e Músicas: Jay Vaquer

Direção e Adaptação: Thadeu Torres

Direção Musical: Jay Vaquer

Coreografias: Clara da Costa

Assistente de Direção: Sarah Plutarcho

Assistente de Direção Musical: Alina Cunha

Assistente de Coreografia: Bella Mac

Assessoria de imprensa: Ribamar Filho / MercadoCom

Produção: CEFTEM (Centro de Estudos e Formação em Teatro Musical