Lítera lança novo álbum com inspiração em astrologia, símbolos e sonhos

Renata Crawshaw, André Neto e Elaine Foltran. Foto: Martina Mombelli

A Lítera, banda independente de Porto Alegre, lançou nesta semana o terceiro álbum da carreira. “Arquétipos – O Encontro com a Sombra” é, literalmente, uma viagem que traz muitas experiências relacionadas a astrologia, símbolos, sonhos, estudos e memórias de Carl Jung, fundador da psicologia analítica. Cada música tem seu mapa astral feito e interpretado pelo astrólogo Paulo Alonso.

Na estrada há mais de 10 anos, a Lítera ficou conhecida com a intervenção urbana que espalhou mais de 50 mil adesivos pelo mundo com a pergunta “VC JÁ VIVEU UM AMOR IMPOSSÍVEL?”. Depois de três anos e milhares de marcações em postagens, a banda lançou o single que leva no nome a mesma frase dos adesivos.

Para carimbar o lançamento do novo disco, a banda criou um projeto que envolve contos, histórias e curiosidades sobre o centro histórico da capital gaúcha. As caminhadas “PORTO ALEGRE MAL ASSOMBRADA” surgiram a partir das pesquisas para a composição do álbum “Arquétipos – O Encontro com a Sombra”, e já impactaram quase 130 mil pessoas.

Na bagagem da última turnê de 120 shows, inclusive na Europa, a banda inovou ao se apresentar em lugares inusitados, como no Cemitério da Consolação em São Paulo – ao lado do túmulo de Domitila (a Marquesa que inspirou o álbum Caso Real). Em 2018, o que era um power trio de rock resolveu dar uma virada e se jogar em uma experimentação constante. Chamaram duas mulheres: Elaine Foltran (pianista clássica) e Renata Crawshaw (baterista), e abraçaram a proposta de sair totalmente da zona de conforto com este novo trabalho.

O show de lançamento de “Arquétipos – O Encontro com a Sombra” está marcado para o dia 8 de novembro, no Teatro de Arena, em Porto Alegre. Mais informações sobre ingressos antecipados podem ser obtidas pelo instagram @literaoficial.

Ouça: