Natasha La Marca traz essência do canto lírico para seu primeiro single pop

Quantas vezes você já sentiu vontade de largar tudo para correr atrás dos seus sonhos? Essa é a mensagem que Natasha La Marca passa com seu primeiro single, “Um dia vai fazer sorrir”, que foi lançado com clipe nessa sexta-feira (3). Em tempos de vidas perfeitas mostradas nas redes sociais, a cantora quer resgatar a essência de cada um, mostrando que todo mundo pode correr atrás do que acredita mesmo diante das adversidades. “Do mesmo jeito que dói, a vida também faz sorrir. Foi em torno disso que a música nasceu, eu quis trazer a realidade para que as pessoas possam se encontrar”, conta Natasha.

A cantora, que começou na música a partir do canto lírico, trouxe para seu momento atual as suas raízes clássicas. “Pra mim, o canto lírico é uma coisa de alma e o pop conversa com minha personalidade. Não é fácil casar os dois gêneros, mas essa foi a maneira que encontrei de mostrar para o mundo o meu estilo como pessoa”, explica Natasha. O single traz a narrativa dos momentos difíceis que todas as pessoas passam, com uma pitada de encorajamento e motivação. Ao falar sobre as dores da vida, Natasha também mostra que é possível dar a volta por cima, assim como mostra a protagonista do clipe, uma bailarina clássica frustrada que abandona tudo para seguir o que toca em seu coração.

Maria Callas e Ana Netrebko são suas principais influências no mundo erudito, não apenas pelo talento como também pela história de esforço e determinação das duas cantoras. No mundo pop, suas principais influências são Whitney Houston e Céline Dion, assim como Lady Gaga, Jessie J e Nicole Scherzinger – que também possui formação lírica.

O seu próximo lançamento é a canção “O ontem eu deixei para trás”, que retrata a trajetória de Natasha como empresária, mostrando que é preciso de muita dedicação para conquistar seus objetivos.

Com influência musical dos seus pais, Natasha La Marca cresceu amando a música clássica. Aos 13 anos, percebeu sua vocação pela música e o dom de cantar e compor, iniciando seus estudos de canto lírico. Com incentivo de Antonieta Pastori, grande cantora de ópera italiana, Natasha seguiu seu sonho na música, sendo convidada para cantar com o solista do famoso grupo Baccarelli, além de se apresentar para o renomado pianista e maestro Edmnd Villanni-Côrtes. Atualmente, Natasha possui uma carreira de sucesso como executiva, mas nunca deixou de lado a sua vida como cantora.

Veja o clipe: