Papatinho trabalha com novas parcerias em Los Angeles

“Onda Diferente” chega à incrível marca de 100 milhões de streamings e Papatinho está em Los Angeles, Estados Unidos, participando de um novo song camp – evento que reúne artistas de renome internacional, produzindo junto com rappers de diferentes países.

Na véspera de viajar para Los Angeles, Estados Unidos, Papatinho esteve com a cantora Anitta, e, nesta semana, encontrou mais dois rappers: The Game e Lil Xan. Fora do país, o brasileiro encara gravações com a Warner Chappel e a Warner Music durante o song camp que reúne novos talentos, fazendo valer, literalmente, o apelido de “workaholic” que recebe.

Passeando pelas Melrose Avenue e Hollywood Bulevard, ao lado do manager Edgar, conhecendo lojas de equipamentos, experimentando sanduíches e passando pela Fox TV, Papatinho mostra que se sente em casa mesmo estando em outro país.

No canal da TV à cabo FOX, junto com The Game para participar de um programa desafiador e para amantes de jogos eletrônicos, o rapper fez elogios ao brasileiro. The Game, que é considerado uma grande figura do hip-hop dos anos 2000 – polêmico por dizer que já namorou três das Kardashians – e com mais de 8 milhões de discos vendidos no mundo todo gritou “Papatino” quando fez um gol em uma das rodadas.

Após o encontro, Papatinho descobriu que o rapper já o observa há tempos e que desejava fazer algo junto. Ao postar a foto de ambos no elevador da FOX, Papatinho comentou: “lembro quando os ídolos da minha adolescência me chamaram pelo nome pela primeira vez, Black Alien, Marcelo D2, Gabriel O Pensador, Mr Catra, Mv Bill, que hoje além de ter trabalhado com todos, eles viraram grandes amigos”, começou o artista. “Agora, tá acontecendo tudo de novo aqui fora, com Snoop Dogg e agora The Game. Isso me mantém muito motivado e disposto a trabalhar mais ainda”.

Outro trapper esteve em estúdio com Papato em Los Angeles: Lil Xan, artista icônico, que ficou conhecido quando chamou o trabalho de Tupac de “chato”. Além da luta contra opiáceos, outras substâncias benzodiazepinas, e o cancelamento dos shows que faria no Brasil em maio deste ano, o trapper, que é referência do “sad trap” também esteve em estúdio com Papatinho.

Do papo com a Anitta, antes desta ida aos Estados Unidos, sobre uma próxima parceria, Papato é só mistérios. Mas, em entrevista, a artista disse, na semana passada, quando perguntada sobre a próxima música com Papatinho: “aaaaaaaaaahhhh a gente está trabalhando em uma coisa aí bem impressionante. É funk e é bem impressionante”.

Muitas surpresas devem acontecer ainda este ano para o beatmaker polivalente e mais workaholic do país.