Shopping Praça Nova realiza sessão gratuita de documentário no Dia Internacional de Atenção à Gagueira

No dia 22 de outubro é celebrado o Dia Internacional de Atenção à Gagueira, e a Cineflix Cinemas do Shopping Praça Nova celebra a iniciativa com a exibição gratuita de “Quando Eu Gaguejo”, documentário norte-americano inédito no Brasil. A sessão especial será no dia 22, às 19h.

“Quando Eu Gaguejo” apresenta um painel de 19 entrevistados que compartilham suas experiências de como a condição da gagueira impacta suas vidas. Os depoimentos são plurais, desde histórias trágicas, engraçadas e outras triunfais e inspiradoras.

John Gomez, diretor de “Quando Eu Gaguejo”, conta que quando estava na faculdade de Fonoaudiologia, teve a oportunidade de assistir a filmes amadores que retratam o tema, e assim, foi exposto a uma realidade que não conhecia: como o ato de gaguejar pode ser tão impactante psicologicamente na vida de alguém. “Eu fiquei fascinado com a força dos depoimentos, mas achava que os filmes em questão não alcançavam o tom emocional que o tema pedia. Aí pensei que seria promissor filmar um documentário com uma produção mais elaborada e que o conteúdo fosse mais comovente, sem exibir uma linguagem tão acadêmica, e consequentemente, tivesse apelo social para quem sofre com a desordem na fala e para as pessoas que convivem com elas”.

“Quando Eu Gaguejo” tem 67 minutos de duração e foi exibido em diversas instituições educacionais mundo afora, além de festivais de cinema nos Estados Unidos e na Europa, como o Festival Internacional de Lisboa, em Portugal, de onde saiu com o prêmio na categoria Melhor Documentário.

“A maioria das produções de cinema aborda seus personagens com gagueira como alívio cômico, construídos em estereótipos, mas percebo que recentemente a indústria do entretenimento está dando melhor destaque para representar minorias, o que inclui as pessoas que gaguejam”, opina Gomez. De acordo com a Associação Brasileira de Gagueira (Abra Gagueira), há no Brasil aproximadamente 2 milhões de adultos e 10 milhões de crianças que lidam com o distúrbio na comunicação verbal.

Uma das fundadoras da Abra Gagueira e responsável pelas legendas em português do filme, Daniela Veronica Zackiewicz, comenta sobre a importância de campanhas e grupos de apoio para quem apresenta ruptura involuntária na fala. “Contribui demais quando essas pessoas se relacionam com outras que possuem a mesma alteração na fala, porque dá a elas a sensação transformadora de pertencimento”. Para ela, é basicamente o que transmite o documentário, que ainda “desperta a consciência e respeito das pessoas para algo que não tem graça”.

As sessões gratuitas de “Quando Eu Gaguejo” no Shopping Praça Nova é aberta a todos os públicos. Basta retirar o ingresso na bilheteria do cinema. Para mais informações, acesse cineflix.com.br