“Amor Cinza” celebra o encontro de Madu com seu alter ego

Um anjo triste, arrebatado pela melancolia causada pelos tempos atuais. A visão de Madu acerca do seu Querubim fica ainda mais clara sob a luz de Amor Cinza, canção que traz mensagem de renascimento e resiliência que encontramos nos momentos de recolhimento. Quinta faixa de Querubim, versão de Madu para a canção de Mateus Aleluia será lançada nas plataformas digitais em 09/06, com produção musical de Danilo Cutrim e Jean Charnaux.

‘É uma canção que me leva a um lugar reflexivo, de autoconhecimento. Gosto de pensar o amor fora dos momentos de euforia, o amor do dengo recolhido. Gosto de sentir a força do renascer da Fênix, também presente nessa letra, super profunda’, avalia Madu. ‘Em Amor Cinza eu tento trazer o Mateus mais perto, sem fazer uma apropriação. Consigo me sentir à vontade nessa interpretação porque é uma canção que me toca profundo’.

%d blogueiros gostam disto: