Anna Pêgo supera expectativas de um relacionamento em seu novo single “O Que Eu Devia Ter Vivido”

A cantora e compositora mineira Anna Pêgo, acaba de lançar seu novo single “O Que Eu Devia Ter Vivido” que, na contramão de “Até Aprender”, canção lançada no mês passado, a composição reflete sobre desapegar e aceitar o acontecido, do que, de fato, sofrer por ele. A artista traz uma voz doce e poderosa e interpretações marcantes das músicas que canta, abordando temas como relacionamentos sob um ponto de vista da força e empoderamento feminino.

O refrão da música traz consigo a mensagem central: “Não preciso me esforçar, buscar mais um motivo pra querer esquecer o que eu devia ter vivido”, revelando o que se mostrou como inegável; um sentimento muito forte e a frustração por seu desfecho, prevalecendo, contudo, a visão de que era necessária sua conclusão.

Um dos grandes pontos para a alta aposta na artista, dentro do cenário da Nova MPB, é que Anna inicia sua carreira com o selo No Santo Som, onde tem Túlio Airold e Mari Martins como seus empresários. Ambos são, atualmente, responsáveis pela carreira de artistas consolidados no mercado como OutroEu, Ana Gabriela e Gabriel Gonti, tendo um extenso histórico de trabalho com artistas como Anavitória, Tiago Iorc, Manu Gavassi e outros.

O clipe de “O Que Eu Devia Ter Vivido” contou com a direção de Alexandre Stheling, conhecido por suas produções audiovisuais para a banda Lagum. Nessa nova fase, ao contrário do primeiro clipe, Anna se apresenta como alguém decidida a mudar o seu posicionamento em relação a pessoa amada, buscando se desprender dessa relação e consequentemente criar uma nova visão do público referente a quem ela é. Trazendo um conceito mais despojado, o clipe se passa em um apartamento com de corações pautados em ambientes instagramáveis e elementos leves e fluidos que preparam tudo para a “virada de chave”.

Com referências como Olivia Rodrigo, Olivia Dean e Billie Eilish, a artista afirma: “Sou uma pessoa extrovertida e espontânea, estes são dois dos meus pontos fortes. Sou forte e esforçada. Criativa; amo pensar em várias possibilidades e colocá-las em prática. Melancólica e dramática; o que mais me motiva a escrever é isso e sempre tento aproveitar esses sentimentos pra ser o mais verdadeira possível.”.

“O Que Eu Devia Ter Vivido é uma música com uma mensagem forte e que foge das tradicionais canções sobre decepção amorosa. Ela é extremamente incrível e tem uma pegada diferente de ‘Até Aprender, o que me deixa ainda mais ansiosa e animada pela reação do público. Espero que a gente consiga alcançar ainda mais pessoas”, afirma Anna Pêgo ao comentar sobre o lançamento.

%d blogueiros gostam disto: