“Belfast”, do diretor Kenneth Branagh, chega ao Telecine em fevereiro

Com um time de curadoria atento para levar o melhor conteúdo a seus assinantes, o Telecine anuncia que “Belfast” chega ao seu catálogo depois da temporada nos cinemas, que tem estreia prevista para 24 de fevereiro. O filme é um dos mais indicados ao Globo de Ouro de 2022, que acontece neste domingo (09/01), concorrendo em seis categorias: Melhor Filme Dramático; Melhor Diretor, para Kenneth Branagh; Melhor Ator Coadjuvante, para Jamie Dornan e Ciarán Hinds; Melhor Atriz Coadjuvante, para Caitriona Balfe; Melhor Roteiro e Melhor Canção Original, por “Down to Joy”, de Van Morrison.
 

“Belfast” mostra sob a perspectiva do menino Buddy (Jude Hill) o conflito entre católicos e protestantes que aconteceu na Irlanda do Norte no final da década de 1960, conhecido como The Troubles, e resultou em milhares de mortes. A tranquilidade da infância na comunidade onde a criança mora é interrompida por discussões, brigas e ataques a bomba na porta de casa. O garoto busca se consolar e entender o que está acontecendo ao seu redor com seus avós, que lhe dão conselhos e carinho e o incentivam a sonhar com um futuro melhor.


Branagh se inspirou em suas memórias de infância para criar o filme e apresenta as informações sobre o que acontecia na época através de noticiários e diálogos paralelos entre os adultos, mas “Belfast”, que é todo filmado em preto e branco, prefere focar na visão lúdica da criança sobre o dia a dia. O diretor também presta uma homenagem ao cinema em uma cena em que Buddy e sua família ficam maravilhados ao assistir “O Calhambeque Mágico“, longa de 1968, de Ken Hughes.

Antes da estreia de “Belfast”, os assinantes Telecine já podem conferir outros premiados com o Globo de Ouro que estão disponíveis no catálogo. Na categoria Melhor Filme de Drama, “Nomadland” foi o vencedor em 2021 e “O Regresso” em 2016. Em Melhor Filme de Comédia ou Musical, “Os Miseráveis” ganhou em 2012, “Encontros e Desencontros” em 2003, “Chicago” em 2002 e “Moulin Rouge” em 2001. “Parasita” foi o Melhor Filme em Língua Estrangeira de 2020 e “Homem-Aranha no Aranhaverso” foi o Melhor Filme de Animação de 2019.

%d blogueiros gostam disto: