Calcinha Preta lança audiovisual “Como não amar – Ao Vivo em Belém”

Com 26 anos de sucesso e muita história para contar e cantar, Calcinha Preta prova a cada ano a sua consagração, com hits que fazem parte da trilha sonora de novelas e da vida real de seus fãs. Para dar continuidade a uma trajetória memorável e em retribuição ao reconhecimento do público, a banda anuncia para 20 de maio o “CP Day”. Trata-se de um dia inteiro de lançamentos, de hora em hora, em plena sexta-feira. Em suma, serão 24 músicas especiais, que, junto às faixas “Paulinha” e “Venha me amar”, já lançadas, compõem o DVD “Como não amar – ao vivo em Belém”.

Com produção da Faz Mídia, empresa especializada em conteúdo digital e produção, “Como não amar” foi gravado em dezembro de 2021, na capital do Pará. Vale ressaltar que esse registro inédito foi o último em que Paulinha Abelha participou. A eterna musa da banda solta a voz em 16 músicas, ao lado dos colegas, entre elas: “Louca por Ti”, “Sonho lindo”, “Armadilha”, “Ainda te amo” e “Baby Doll”.

“Temos certeza de que será um presente para nós e para os nossos fãs. ‘Ao Vivo em Belém’ é nosso último trabalho ao lado da Paulinha. Este lançamento é uma grande homenagem a ela. Foram meses de dedicação, trabalho e muito amor. Sei que Paulinha está nos olhando contente com a novidade”, comenta Daniel Diau.

Ciente deste sentimento coletivo, Felipe Marques, CEO da Faz Mídia, idealizou o “CPDay”. “Serão 24 horas de forró no digital, isso é, a cada hora do dia 20 de maio, será liberado um clipe deste novo projeto, DVD “Ao vivo em Belém”, contendo regravações e a música inédita ‘Abelha que virou anjo’, que também assino a composição, uma homenagem à cantora Paulinha, como faixa especial do álbum”, explica Felipe.
“Pra nós, é difícil sem ela, mas a gente tem de caminhar por que assim também era o desejo da Paulinha, já que ela era só alegria! Ninguém mais que ela queria esse show, então que seja pra ela!”, emociona-se Silvânia ao lembrar da amiga.

Bell Oliver também recorda com carinho todo o entusiasmo da cantora a cada apresentação, sempre sorridente e carinhosa com os fãs e colegas: “Paulinha sempre foi amor e ela adorava o palco. O palco era a vida dela, então, por ela e pelos fãs, vamos dar continuidade a esta história linda da Calcinha Preta.”
O projeto contém 26 faixas no total, em alusão aos 26 anos da banda. Ressaltando que duas já foram disponibilizadas ao público, em março e abril, “Paulinha” e “Venha Me Amar”, já contabilizando quase 1,5 milhões de visualizações somente no YouTube.

“Calcinha Preta completou 26 anos de estrada e este projeto é a representação de nossa solidez como grupo. É uma honra ser Calcinha Preta”, afirma Silvânia.

Para contemplar este lançamento, a banda escolheu, não ao acaso, o show na mesma cidade onde o registro foi captado: Belém, fechando o ciclo deste recente formato de turnê, que precisou ser adaptado com a partida precoce de uma das vocalistas. A apresentação especial acontecerá em 21 de maio e já tem gerado grande expectativa por parte dos fãs de todo Brasil, uma vez que contará com a participação dos convidados Berg Rabelo e Raied Neto, ex-integrantes que marcaram época na formação do grupo. “Os belenenses são um dos nossos maiores públicos, por isso, não poderíamos deixar de agradecê-los por todo o carinho que sempre nos deram. E vamos em frente, por ela!”, finaliza Bell Olliver.

%d blogueiros gostam disto: