Cammie estreia projeto “60 dias para Desapegar” com o single “Passagem”

Cammie_Easy-Resize.com

Cammie, a mais nova promessa do R&B brasileiro lança nesta sexta-feira (24) o projeto “60 dias para Desapegar”, uma terapia intensiva que promete ajudar os fãs a se livrar de relacionamentos ruins e se colocarem em primeiro lugar. A estreia do projeto é com a música “Passagem”.

A carioca Cammie é dona de uma das vozes mais poderosas de sua geração e já acumulou mais de 5 milhões de visualizações no Youtube e mais de 2 milhões de plays somente no Spotify. Com a trajetória, a artista de apenas 20 anos se posiciona como uma das mais fortes promessas do R&B e Pop brasileiro para 2020.

Cammie iniciou na música ainda criança, mas foi após sua participação no The Voice 2016, no qual foi semifinalista, que ela realmente considerou a música como uma carreira profissional. Após dois anos de preparação vocal e artística, iniciou em 2018 o lançamento de uma série de singles que juntos já somam mais de 2 milhões de plays no Spotify.

Em 2019 ela consolidou seu sucesso nas redes digitais com singles que obtiveram destaques nas principais playlists como, “Mais uma noite (feat. CELØ)” e “Eu Não Quero Mais”, que permaneceram por mais de 40 semanas nas playlists R&B Brasil e Brasil 360, marcando seu crescimento nas redes sociais e nas plataformas de streaming. Cammie ainda tem feats para serem lançados com artistas como Lucas e Orelha, Lary, Amanda Coronha, Anchietx e muito mais.

Em 2020, Cammie lançou “O Que Quiser de Mim”, que conta com um clipe, e que em duas semanas teve mais de 350 mil visualizações. Agora prepara o projeto “60 dias para Desapegar”, um convite para os fãs embarcarem em um processo de desapego que vai durar 60 dias com singles lançados a cada 15 dias.

“Nós íamos lançar um EP, mas então eu pensei que não é tão fácil desapegar de alguém, entender que o relacionamento está fazendo mais mal do que bem, e realmente tomar uma decisão de sair daquela situação, por isso, as músicas serão lançadas de 15 em 15 dias, cada uma marcando uma fase desse processo. A primeira música é um desabafo sobre ser a segunda opção de uma pessoa que só liga quando está só, e mostra também que não podemos perder tempo com algo assim. Já a segunda simboliza a recaída de querer voltar ao passado, mas entendendo que o melhor é seguir em frente. A terceira e última é quando ganhamos força e finalmente conseguimos cortar esse vínculo que um relacionamento complicado traz. Eu espero que meus fãs se conectem, e que o projeto possa ajudar as pessoas a entenderem que o amor não pode ser dor, não pode machucar, e espero que elas possam atravessar esse processo comigo”, conta.

Às vezes é preciso um empurrãozinho para tomarmos as melhores decisões para nós mesmos, e esse projeto foi pensado diretamente para ajudar nisso, mostrando que não estamos sozinhos, que precisamos buscar diferentes sentimentos guardados em nós para verdadeiramente deixarmos algo ir embora – e ir embora da melhor forma – sabendo que o maior amor que precisamos ter é o amor próprio.

Ouça:

%d blogueiros gostam disto: