Confira as apostas musicais de março do Caderno Pop

Você piscou e já estamos em março e o Caderno Pop traz a lista com as nossas apostas e descobertas musicais do terceiro mês do ano. Confira!

Arkets

Arkets é um projeto liderado pelo cantor, pianista e compositor Romain Frati desde 2011. Composto por quatro músicos, o primeiro álbum de nomes “Projectile” saiu em 2016. Esta formação está na linha do rock alternativo, não hesitando em adicionar um toque de electro, jazz, progressivo e outros ritmos. Confira “Dark Light”:

Marie Cyrille MC

Marie Cyrille MC é uma cantora francesa nascida de uma mãe americana do Bronx. Ela canta músicas originais em inglês e francês com a mesma paixão. Seus vocais únicos e expressivos são sustentados por palhetas de guitarra de grande sensibilidade. Seu passado como dançarina inspira um ritmo muito pessoal na batida do coração. Ela é uma musicista profissional que se apresenta no metrô francês cinco dias por semana. Confira o EP “Angels”:

IKA

O cantor, autor, produtor e músico brasileiro IKA lançou recentemente uma colaboração com os holandeses Vessbroz e a cantora Clara chamada “She’s Going”. A track rendeu tanto que até foram lançados alguns remixes.

Wolf & Clover

A banda estadunidense Wolf & Clover lançou neste ano o álbum “Twelvemonth and a Day”, que traz várias faixas inspiradas na cultura Celta.

Niki Kennedy

Niki Kennedy é uma cantora, compositora e musicista nascida na Nova Zelândia e que mora em Vancouver, Canadá. Seu último single, “Get Back in the Groove”, chega trazendo boas vibrações pra todo mundo curtir.

Lipe Cardillo

O brasileiro Lipe Cardillo lançou seu single de estreia, “Unruled Heart”. “Essa música é sobre amor livre. Espero que meu Coração Indomável te toque e te faça dançar, ainda mais se seu coração estiver partido ou você não estiver em um bom dia. Espero que isso faça você encontrar uma razão para dançar e sorrir novamente”, revela.

Toronto Tabla Ensemble

Vocês conhecem a tabla? Não? Mas provavelmente já ouviram alguma música que tenha ela… é um instrumento de percussão bastante usado na Índia e o grupo canadense Toronto Tabla Ensemble manda muito bem! Confira o álbum lançado este ano, “For the Love of Tabla”:

MuurLyfe

Da NFL para a música, o ex-jogador MuurLyfe agora tem outro projeto pela frente. Desde 2018, ainda antes da pandemia, ele começou a se dedicar à música e já lançou alguns singles e promete vários outros neste ano. Um dos primeiros trabalhos é “Where They At”, que vocês conferem aqui.

André Loyola

Em seu quarto EP, o músico e médico mineiro André Loyola explora a brasilidade, com nuances latinas em astral carnavalesco.

Florian Brunner

Inspirado no homem-morcego, o compositor Florian Brunner lançou a faixa “I Am The Bat”. “Esta é uma primeira peça, para um projeto maior. Este single evoca a energia e a vontade de um vigilante sombrio, furtivo e habilidoso, em movimento em ação implacável e decisiva. Esta é a história da luta de um guerreiro livre da noite”, conta o artista.

Pastel Coast

Das margens de Boulogne-sur-mer, Pastel Coast está olhando para o mar. Quentin Isidore e sua banda surfam a onda indie pop americana “à la française”. Confira o single “Helios”.

The Lovelines

A banda estadunidense The Loveliness lançou neste ano o novo single “Dark Thoughts About A Pretty Flower”. Confira.

Voodoo Trio

A banda brasileira Voodoo Trio lançou o primeiro single da careira, “Voodoo Child”. A produção faz parte de uma homenagem a Maurício Kavinski, primeira pessoa a acreditar no propósito e investir tempo e recursos para o desenvolvimento do projeto L.A., uma startup criada para ajudar músicos e artistas a viver de música com independência e autonomia. “Infelizmente, Maurício nos deixou em fevereiro de 2021, vítima da Covid-19. Sempre trocávamos uma ideia sobre histórias do rock e na última conversa que tivemos falamos da Voodoo Child (Jimi Hendrix) e sobre o efeito do wah wah no DNA da música. Na despedida (última vez que falamos em vida), ele disse que gostaria muito de me ver tocando esse som um dia”, conta um dos integrantes do trio.

Submerso

A banda Submerso lançou recentemente o single “Tempestade”, que fala sobre medo e a nossa necessidade primal de nos sentirmos seguros. “Devemos resistir ao temporal, sabendo que nós nunca vamos conseguir contê-lo, mas somos capazes de sobreviver e passar por qualquer turbulência que a vida nos impõe, até porque é passageira, por mais forte que seja. Essa canção foi feita para lembrar que se há um porto seguro para se agarrar, alguém que ancore do seu lado e te ajude a sustentar suas dores”, reflete a banda.

Jermaine Coles

Como nativo das montanhas de Roanoke, Virgínia, EUA, Jermaine Coles traz influências de gêneros musicais folk, gospel e R&B. Em 2019, ele teve um pensamento sobre seu propósito na Terra. Ele afirmou: “Consegui muito, mas a única coisa que senti que estava incompleta foi a gravação das músicas que foram escritas em meu coração através de experiências de vida”. Foi então que decidiu produzir um EP junto com os talentos de composição dos músicos Sam West, Kaio DeSouza e Sean Mason, Douglas Andrew e James Acampora. A inspiração por trás das músicas veio de um relacionamento anterior que resultou em infidelidade e perdão. O projeto musical evoluiu para o enredo e trilha sonora de um curta-metragem intitulado “New Life”, lançado em 17 de fevereiro de 2022.

Wave 21

A banda canadense Wave 21 oferece rock melódico com riffs atemporais, harmonias luxuosas e letras que parecem histórias curtas sobre vida, amor e rock n’roll. Recentemente a banda lançou o álbum “Brace Yourself”.

Beatriz Bergman

Após lançar seu primeiro single e marcar sua estreia no cenário musical, Beatriz Bergman, apresenta seu mais novo trabalho, “Eu, Você”. Um pop leve e atual que conta um pouco sobre o desejo de querer compartilhar a vida com alguém especial.

Primittivo

O cantor e compositor Primittivo lançou o single “Então Falou”, que sucede “Alegria”, que saiu em dezembro do ano passado.

aboynamedblu

O cantor, compositor e produtor aboynamedblu lançou neste mês o EP “404 USER NOT FOUND”, que conta “a história do menino que quase se tornou famoso mas se perdeu na internet”.

Funny Alexander

Funny Alexander é formada por Ric Olivera e Bela Expedito. O duo estreou no final de 2020 com a música “Meu Lugar Comum”. Criada em Porto Alegre, a Funny Alexander resgata a sonoridade dos anos 80 se encontrando com o indie pop atual. As letras em português fala sobre os mais diversos temas, sempre tentando trazer reflexão e, principalmente, um sentimento de esperança. Confira o EP “Sorte Que Tem o Amanhã”.

Chanan Herman

De Israel, o produtor Chanan Herman lançou “Fading”. O artista escreveu essa música depois de um término difícil, “assim que as memórias compartilhadas começaram a desaparecer com o tempo”. Segundo ele, seu estilo otimista fundido em textos dolorosos, belas harmonias e uma melodia ultra simples são o que tornam esta faixa única e familiar.

Bruno Leo

Bruno Leo mora em Helsinki na Finlândia onde é diretor de arte por profissão, produtor musical e compositor por teimosia. Entre um e outro projeto, cria um novo para ficar ocupado antes de criar um outro. Curioso e dedicado, já teve tutores que trabalharam com Aerosmith e Machine Head. Bruno Leo mixa e produz desde heavy metal até pop e música eletrônica. Já produziu trabalhos da Fernanda Reche, Brunno Lopez, Luiz Honorato e godofredo. Em seu projeto solo, ele traz seus gostos e joga pro mundo músicas sobre as reflexões invisíveis da vida. Bruno Leo produz, mixa, masteriza e grava todos os instrumentos e vozes no seu projeto solo. Confira “Sentir o Tempo”.

Kahnin

Da Islândia, apresentamos Kahnin, com “Fast Car”. A música é sobre dois pombinhos do centro da cidade que também são os traficantes da esquina. Eles têm maiores ambições embora. Eles sonham com o estrelato, e por acidente o alcançam, mas o resultado final não é tão glamoroso quanto o sonho. A música tem um groove incrível e um refrão que você não pode esquecer. Muito bem escrito e artístico ao mesmo tempo.

Jean-Pascal Boffo

Jean-Pascal Boffo é um músico, guitarrista e compositor francês, também engenheiro de som no Studio Amper (França) desde 1990, produzindo, dirigindo música, engenharia, mixagem e masterização em mais de 300 discos desde sua criação. Confira o single “Night Sky”.

Rodrigo Lima

“Espelho Solar”, a nova música emocionante e sensual do guitarrista e cantor Rodrigo Lima. Misturando o balanço da batida do samba e a sensualidade sutil da bossa nova, a faixa é produzida por Arnaldo DeSouteiro e traz dois lendários convidados especiais: o baterista João Palma (que gravou “Mas Que Nada” com Sergio Mendes) e a cantora Ithamara Koorax.

Class Vee

Cantora, compositora e produtora americana com uma vibe retrô em seu estilo musical, Class Vee retorna à nossa lista de apostas com “Love Resides”.

Jim Godfrey

Jim Godfrey é pianista, compositor, produtor e designer de som na Inglaterra. Multi-instrumentista, sua música se baseia em décadas de tocar ao vivo, incorporando uma gama eclética de influências, incluindo jazz, eletrônica, clássica, indie, techno e trance. Confira “Flament”.

Igor B.

Igor B. volta à nossa lista de apostas, desta vez com o álbum “Se Pah (Beat Miscelânea). O disco apresenta toda a diversidade do eletroindie do artista. Com elementos que vão do rap ao pop em beats pulsantes, trazendo também textos carregados de mensagens fortes entrecortadas por certas doses de melancolia.

Danny Starr

O britânico Danny Starr é destaque novamente nas nossas apostas, desta vez com o clipe de “Losing Sight”, lançado em março. Co-escrito em algumas horas com Charlie da banda Weird Milk, “Losing Sight” é uma poderosa música de indie rock sobre assumir novos caminhos sem medo na vida, mesmo que isso signifique sair da sua zona de conforto.

Pagliarini

O italiano Pagliarini compartilha em março seu terceiro single, “This Game”, uma pegada eletrônica mesclando elementos pop. Confira!

Kirane

A pianista clássica Kirane lançou o EP “Jour”, que traz seis faixas mesclando vocais perfeitos e uma boa dose de amor. Confira o EP e o clipe de “Memory”:

Ava Toton

Trazendo um punk rock de qualidade, Ava Toton lança “Charm School Dropout”, uma música sobre não se encaixar. “As pessoas dizem a ela que ela precisa ser mais apropriada ou melhorar sua atitude ou ser mais como eles (ou seus filhos) são. A verdade é que eles também são uma bagunça. Essa música celebra se destacar e ser você mesmo sem remorso”, conta a artista. Ava é uma destruidora de guitarras, compositora e vocalista de 12 anos da Califórnia, EUA. Ela lançou seu 2º EP, “Charm School Dropout”, em 22/02/22. Compôs todas as músicas de seu álbum e todas as partes de guitarra e vocais em seus álbuns são executadas por ela. Ela toca guitarra desde os 5 anos de idade e seus gêneros favoritos são hard rock e metal. Seu objetivo é incentivar uma nova geração de jovens a amar o rock and roll tanto quanto ela.

MP Grey

Da Alemanha, MP Grey se junta a Rudiger, em Los Angeles, na colaboração “The Night Won’t Be Over”. “Às vezes você só quer que a noite nunca acabe. Tudo é perfeito, o clube, as pessoas, a música. É aquele momento mágico que você lembra para sempre…”, define MP Grey. Confira:

Alex Kontsov

Dos EUA, o one man band no electronic jazz-rock lançou o single “Riders on the Storm”.

Nobo

Da Espanha, apresentamos Nobo, que lançou o EP “The Best Way To Be Free”. Segundo ele, este projeto de estúdio é um sonho tornado realidade. “Consegui recrutar músicos que superaram meus sonhos mais loucos. Além disso, por causa da pandemia, surgiu uma equipe verdadeiramente internacional de meia dúzia de países. Suspeito que você, como especialista, vai ouvir isso e sentir o espírito”, conta.

HiiCK

“Só Deixa Rolar” é o primeiro single de trabalho solo do cantor e compositor Hiick, vocalista da banda RockVeras. Composta inicialmente pelo compositor Cauê Beltrame e adaptada por Hiick para manter as características do cantor, a faixa traz uma batida dançante e energia alto astral. O novo som é um convite para quem está ouvindo deixar um pouco a pressão da sociedade de lado.

Shotzilla

O estadunidense Jessie Martinez, sob o nome artístico de “Shotzilla”, lançou em 2020 seu segundo álbum independente intitulado “The Poet Tree”.

Ratel C

A francesa Ratel C lançou recentemente o single “l’Impasse”, que segundo ela é um conjunto de poemas que fala sobre o fim da vida e o abandono das pessoas mais frágeis. “Um passe com a morte. (em francês “passe” também é uma gíria que você usa quando fala sobre o momento em que um cliente passa com uma prostituta)”, conta. A artista lembra que a faixa foi escrita muito antes do escândalo francês de violência contra idosos em hospitais. “Os abusos mencionados são os que as pessoas vulneráveis sofrem ao longo de suas vidas. O abuso que eles lembram quando a morte se aproxima”, completa.

euLÉCO!

euLËCO! lançou “Recomeçar”, single gravado em parceria com o supergrupo “Os Donos do Mundo”, formado por músicos das bandas gaúchas Reação em Cadeia, Anjos do Hangar e Playsound. “A música é inspirada nos pop rock dos anos 2000, com uma pegada meio Kings of Leon. A música trata sobre tentar nos reencontrar quando nos encontramos perdidos na vida, as promessas que fazemos para reencontrarmos a nossa paz”, conta.

XYLØ

Nascida e criada nos subúrbios de Los Angeles, XYLØ, também conhecida como Paige Duddy, encontrou um grande sucesso com o EP de estreia “America” em 2015, com o hit viral “Afterlife”. Foram vários shows esgotados, um disco de platina com The Chainsmokers e mais de 350 milhões de streams apenas no Spotify. Ela lançou sua própria gravadora indie Pretty Records, onde desde então lançou quatro EPs e agora todo o foco está no álbum de estreia “Unamerican Beauty” com lançamento previsto para 2022. Com suas canções líricas sem remorso, cobrindo temas de solidão, autodescoberta e sentimento de forasteiro, XYLØ cultivou uma base de fãs leais em todo o mundo.

Lua Gior

A brasileira de origem italiana Lua Gior fez uma versão de “Wicked Game” no estilo dream pop. A faixa acompanha um clipe todo sensual.

Fabien Boeuf

Depois de um hiato, Fabien Boeuf chega com novo single, “Comme L’annimal”. Em carta aberta ele escreveu: “Sete anos desde que eu tinha lançado qualquer coisa. Hora de ver meus filhos crescerem.
Um dia, uma frase: “Não te deixo nada” e cá estou eu de novo a passear. Aqui está o primeiro clipe deste álbum “Comme l’animal” já que sim, BOEUF é meu nome verdadeiro… Como sou eu animal? Tento responder em 3min13, bom para você”.

Jake Huffman

O estadunidense Jake Huffman viveu uma vida inteira como artista bem antes dos 30 anos. Seu novo single “Giving it a Try” é uma homenagem a um sonhador indomado que viaja pelo país em uma jovem banda de rock. É o culminar de sua história única e trabalho duro combinado com composições excepcionais e produção fantástica. Jake criou um som que se aprofunda em suas raízes do rock e chega ao que só pode ser descrito como o som dos anos 20.

PIB

O DJ e produtor francês convida Crooked Bangs para a track “Luvstruck”. Em tempo: PIB está doando a maior parte de seus royalties de streaming para instituições de caridade que apoiam cães e gatos e acabou de enviar um caminhão cheio de 22 toneladas de ração para abrigos de animais de estimação na Ucrânia. Lenda solidária!

Sofá a Jato

A Sofá a Jato está lançando seu primeiro disco, “Revoada”, que representa tudo que a banda sempre construiu na sua trajetória: ser e discutir escape. Contando uma história do começo ao fim, esse álbum narrativo versa sobre como podemos nos perder em nossas fantasias e esquecer dos outros, trazendo solidão, isolamento e até um certo tom de covardia em não participar da realidade. A banda une ambiências a loops de bateria, sintetizadores à violas caipiras e bandolins, realidade à fantasia pra criar uma paisagem sonora, como um quadro. Inspirações variam de Milton Nascimento e Almir Sater, até Daft Punk, Junip e Fleet Foxes. A Sofá traz consigo toda sua bagagem nerd, amantes do RPG, dos animes, dos quadrinhos e video games pra falar sobre o isolamento em nossos mundos fantasiosos e como na verdade é sempre melhor voar em bando. Confira!

%d blogueiros gostam disto: