Conheça “Músicas Para A Janela”, primeiro EP solo do cantor e multi-instrumentista Junin

junin CRÉDITO_ JULIA BANDEIRA_Easy-Resize.com
Foto: Julia Bandeira

Um dos novos nomes da MPB contemporânea, o cantor, compositor e multi-instrumentista Junin lança hoje seu primeiro trabalho solo, o EP “músicas para a janela”, disponível em todas as plataformas digitais. Com quatro canções no repertório, o artista apresenta as duas faixas ainda inéditas “mistério” e “guarda pra mim”, assim como seus videoclipes.

Ouça:

“Músicas para a janela” é o primeiro projeto solo do baterista da banda de pop rock LUPA, e marca sua iniciação como cantor e compositor. Com letras que fazem referência a relações amorosas e responsabilidade afetiva, o projeto nasceu durante a quarentena e distanciamento social, quando o artista sentiu a necessidade de se expressar e colocar para fora sentimentos que ficaram ainda mais fortes durante o período.

A primeira música apresentada em setembro foi a belíssima “atenção”, uma reflexão do artista sobre o sentimento que antecede o término de um relacionamento. “Ela fala sobre o momento crucial, quando percebemos que a relação pode estar chegando ao fim, mesmo que nenhum dos envolvidos tenha coragem de colocar o ponto final”, explicou Junin. Com um vídeo gravado na sala de casa, ele convida os espectadores para uma conversa intimista, em um cenário acolhedor, quase como em um papo entre amigos.

“Tá tudo bem”, lançada em outubro, tem a responsabilidade afetiva como tema. “Muito se pensa antes de começar um relacionamento e em toda a responsabilidade que isso envolve, porém quase não levamos em consideração a responsabilidade necessária para acabar um”, lembra o artista.

O EP ainda inclui as novas “guarda pra mim” e “mistério”. Enquanto a primeira canção conta a história de um amor compartilhado, mas que nunca chegou a ser vivido pelos amantes, “mistério”, fala sobre a falta de comunicação entre o casal. “Para amar é preciso conversa, é preciso parceria e é importantíssimo que haja verdade em tudo o que se sente, acredita e sonha”, reflete Junin. “Não temos como sustentar uma relação sem saber onde estamos nos apoiando e, muitas vezes, um amor se perde por causa dessa falta de cuidado. Esse jogo que alguns jogam de se tornar um mistério dentro do relacionamento, pode te fazer perder quem ama”, finaliza.

As quatro faixas do EP foram escolhidas por terem a mesma energia e se completarem, tanto na composição, quanto na gravação e produção. Junin se preocupou em trazer simplicidade em todos os processos, para refletir o momento de reclusão pelo qual estamos passando e durante o qual as canções foram criadas.

“O ‘músicas para a janela’ é composto por canções que escrevi no meu quarto, olhando pra fora. Gosto de brincar que a janela fez parte de todo o processo e foi a primeira a escutar as minhas criações”, brinca Junin, e continua. “Todo o trabalho que coloquei nesse EP serviu como cura pra mim durante esse momento tão difícil que o mundo está vivendo. Música é cura, é terapia. Essas músicas me ajudaram quando mais precisei, e agora meu desejo é que elas corram o mundo ajudando a quem as escuta. É isso o que eu quero: ver minhas músicas levar um sentimento, uma energia, que possa ajudar as pessoas e tocá-las de uma maneira positiva”, explica. “Quero que as pessoas sintam minha verdade colocada nessas faixas e que cada pessoa que as ouvir crie sua própria verdade e intimidade com as canções”, conclui o cantor.

%d blogueiros gostam disto: