Destaque na cena eletrônica, Pri Pach lança single e clipe de “Abusou”

Foto: Thais Luciana

Pri Pach, cantora e compositora que com apenas 23 anos tem se destacado na cena eletrônica brasileira por collabs com importantes nomes, lança hoje seu mais novo single, “Abusou”, pela gravadora Alma Music Group. Este é o primeiro single do seu futuro EP, “Indiretas”, que será lançado em 2021. “Abusou” foi composta por Pri, Antonio Eudi e Arthur Favero e vem acompanhada de um videoclipe filmado em São Paulo, cidade onde nasceu e reside atualmente, dirigido por Dado Prisco. Gravado em plano sequência, o clipe evidencia outra paixão de Flora além da música, a dança, e é um convite para aprender a animada coreografia de “Abusou”.

Assista:

“Para escrever essa música, eu me inspirei naqueles boys emocionados, sabe?”, diverte-se Pri. “Quando você está ficando com o menino e ele já pensa que vocês têm algo sério, mesmo depois de você deixar claro que aquilo é meramente casual. Aí o boy começa a ficar ciumento, grudento, fazendo joguinho… por isso que eu digo que ele ‘abusou’, ele foi longe demais. Era só pra ser um lance.”

Sobre as expectativas para o lançamento da música, ela diz: “Espero que a galera que já me conhece goste muito deste som, esse pop meio funk, e que essa música abra portas para meus próximos lançamentos. Quero poder falar o que mulheres sentem, expor nossas ideias para o mundo! Desejo muito que quem escute as músicas, tanto ‘Abusou’ quanto as próximas do EP, se sinta representadx”, finaliza.

Carreira: Com apenas 23 anos, Pri Pach tem se destacado na cena eletrônica com muitas collabs de relevância. Empresariada pela Alma Music Group, ela é uma das grandes apostas do pop, e vem se destacando pelo talento, personalidade e criatividade. Somando mais de 2.5 milhões de streams em seu catálogo do Spotify, Pri tem atualmente 72.2 mil seguidores no TikTok, já tendo alcançado a marca de 1.2 milhão de plays num só vídeo da plataforma. Na música, suas principais influências são Iza, Anitta, Lexa, Pabllo Vittar, Lady Gaga, Christina Aguilera, Zara Larsson, Tove Lo e Dua Lipa.

A cantora e compositora conta que sempre gostou dos palcos: “Comecei a trabalhar com música aos 15 anos, fiz absolutamente de tudo, até musical infantil. Para mim, o que mais importa é trabalhar com música. Gravei meu primeiro CD aos 15 anos, dos 17 aos 18 eu participei de um teatro musical infantil, aos 19 entrei pro meio eletrônico, e trabalhei como compositora para DJs (ainda trabalho, na verdade) e aos 23 voltei para o pop. Já experimentei de tudo um pouco. Até rock eu já fiz, na adolescência, com a banda do colégio. Eu não me vejo fazendo outra coisa com a minha vida. Estou no palco desde os 5 anos de idade, pretendo ficar para sempre.”

Para o futuro, ela tem grandes objetivos: “Meu sonho é viver somente de música! Poder fazer colaborações com artistas maravilhosas, trazer a vivência da mulher brasileira para o mundo da música. Entreter as pessoas e ter um significado maior por trás de tudo isso. Criar e concretizar meu espaço na música brasileira, mostrar para as pessoas que eu amo o que faço.”

%d blogueiros gostam disto: