Em homenagem a Jorge Sargento, Jonas Coronado lança “Incendeia o Terreiro” 

Este ano pode não ter ainda o Carnaval como estamos acostumados e sentimos tanta falta, mas, se depender de Jonas Coronado, o espírito folião vai chegar a casa de todos. O representante do samba lança nesta quinta-feira, 24 de fevereiro, a irreverente “Incendeia o Terreiro”. A canção chega a todos aplicativos de música às vésperas do feriado de Carnaval, mas já está disponível no YouTube, gravada ao vivo.

Composta por Fabiano Silva, Sandro Simões e Jorge Sargento, que faleceu no último ano, a faixa é uma grande homenagem do cantor ao compositor. “Incendeia o Terreiro personifica o que era Jorge Sargento. Ela fala ‘hoje é dia de festa, tem samba de roda. Se joga para dentro vamos brincar, coisa da antiga, isso não é moda, meu bem, você vai gostar’, ele era alegria, era samba de roda, se jogava para dentro. Eu vejo na música muito do seu Jorge Sargento, então essa gravação é uma homenagem a ele, por toda nossa amizade, por tudo que ele fez no samba e tudo que ele é dentro do samba. Um cara muito respeitado, que lutava muito pela nossa bandeira, só vejo falar bem dele. Então, espero que, onde ele estiver, se sinta homenageado”, conta Jonas Coronado. 

Além de “Incendeia o Terreiro” ,o cantor também já disponibilizou em todos aplicativos de música as inéditas, “Vai na Fé”, “Revelando Segredo” e “Bonança”, parte do projeto Fórmula do Samba.

Sobre Jonas Coronado

Nascido em São Bernardo do Campo (ABC Paulista), Coronado passou toda a sua vida morando num bairro da zona leste de São Paulo. Quando aos 12 anos, iniciou sua trajetória tocando ganzá no Grupo Recordação e, aos 14 anos já se tornou vocalista do Grupo Konduz. Neste, permaneceu por 10 anos se apresentando em casas noturnas de São Caetano do Sul e Santo André (ABC Paulista), da capital paulista e de todo interior do estado. Em 2008, assumiu os vocais do Grupo Samba5, grupo de samba raiz que também foi grande sucesso nos bares tradicionais de São Paulo. 

Mas foi como cantor solo que viu sua carreira realmente despontar. Fundador do projeto SAMBADOURO, aprovado pelo PROAC e LEI ROUANET, Coronado vestiu a camisa do verdadeiro samba e canta Noel, Geraldo Pereira, Cartola, João Nogueira, Padeirinho, Nelson Cavaquinho, entre outros. O Projeto se tornou um sucesso sendo apresentado em programas de TV e rádio para o Brasil inteiro, além de subir ao palco do SESC na capital paulista.  

Agora, o artista prepara seus primeiros lançamentos oficiais autorais e já coleciona parceiros como o Fórmula do Samba “Novos Talentos”, projeto que apresenta novos nomes do samba e pagode. 

%d blogueiros gostam disto: