Flake Rock Inc luta pela juventude em “Quase 30”

Quem nunca olhou para os sonhos da adolescência e percebeu que eles estavam mais vivos do que nunca? A idade pode até ter chegado, mas a juventude não foi deixada para trás. Com essa sede de viver e de realizar tudo que um dia foi sonhado, a banda Flake Rock Inc lança nesta sexta-feira, 11 de março, seu mais novo single: “Quase 30” em todos os aplicativos de música.

Composta pelo vocalista Guilherme Valerini, nasceu em uma de suas idas da capital paulista para sua cidade no interior, Franca. “A ideia veio das lembranças dos bons momentos vividos na adolescência e de que todos os anseios e medos de um garoto de 20 anos ainda estão vivos. Todo o sentimento que move, os sonhos e ideais ainda estão presentes. O trecho ‘Não sei lutar contra a juventude e deixar tudo pra trás’ faz a exata menção a algo que não se pode simplesmente fingir que não se é mais. A música é uma oração a toda a sede de viver que se alguém pode carregar”, explica o cantor e compositor.

Nascida como um poema, a faixa ganhou melodia em um dos momentos mais difíceis já enfrentados pelo artista: a morte de seu avô. “A primeira vez que a música foi ouvida, foi em frente ao hospital em que meu avô estava. Talvez exista uma energia muito forte nela, já que ele também não sabia lutar contra a juventude do espírito”, completa.

“Quase 30” faz parte de uma série de lançamentos da banda que já tem seu próximo single “Outra Vez” agendado para 25 de março.

Letra
“Quase Trinta”

Não sei lutar contra a juventude
E deixar tudo pra trás
Nas minhas guitarras velhas
Nos meus copos fora do lugar

Meu rádio toca o de sempre
E eu não tenho planos pra amanhã
Insiste me dizer
Pra eu ir de encontro até você

(Chorus)
Eu sou o mesmo de ontem
Eu tenho medo e ainda não sei
Perder..
Já tenho quase trinta e ainda não
Sei o que fazer

Eu sou o novo velho
Hoje tô cego
Por você, meu bem
De novo o mesmo filme
Que atormenta
Minha tv

Nao consigo me fantasiar
Me enganar toda manhã
Em frente meu computador
Vestindo as roupas que odiei

Eu tô aqui e lá
Não aprendi a me poupar
Vamos fugir daqui
Amanhecer olhando o mar

(Chorus)
Eu sou o mesmo de ontem
Eu tenho medo e ainda não sei
Perder..
Já tenho quase trinta e ainda não
Sei o que fazer

Eu sou o novo velho
Hoje tô cego
Por você, meu bem
De novo o mesmo filme
Que atormenta
Minha Tv

Não sei lutar contra meu olhar
Dizendo que acabou
Lembrando das noites que
Terminavam só nos dois

Meu rádio toca o de sempre
E ainda não tenho planos pra depois
Embala o que dizer
Ao pé do ouvido pra você

Repete chorus 2x

%d blogueiros gostam disto: