Gaê traz releitura inédita da canção “O Último Dia”, de Paulinho Moska

Gae-por-Camila-Sugai-PR-1-media
Foto: Camila Sugai

Gaê lança nesta sexta, dia 6, uma versão inédita da canção “O Último Dia”, composição icônica de Paulinho Moska e Billy Brandão. A faixa chega acompanhada de videoclipe.

Cantor e compositor brasiliense, o artista lançou canções autorais durante o primeiro semestre deste ano. A mais recente, “Geladeira”, foi composta a partir de um poema de Daniel Bovolento. A partir daí, a pandemia se instalou no mundo e o artista, em isolamento, iniciou uma reflexão sobre seus trabalhos seguintes.

A produção da releitura de “O Último Dia” teve início em 2015, com arranjo em tango elaborado para a peça “Boa Sorte – O Musical”, um espetáculo musical autobiográfico sobre viver com HIV, criado por Gaê, até então conhecido como Gabriel Estrela nas redes sociais. Na peça, a música apresentava a rotina de exames e remédios se tornando cotidiana – o dia após dia de alguém que pensava ter recebido uma sentença de morte (e aprendeu que não era bem assim).

Após cinco anos, o artista incorporou uma nova versão, que traz uma visão sobre o apocalipse em um momento que nos remete tanto a isso. “A faixa traz várias vozes sobrepostas, 10 ou 12 de violoncelo. A percussão, tudo o que vocês vão ouvir é violoncelo, e voz!”, conta Mar Nóbrega, violoncelista responsável pelo arranjo. Já sobre a produção audiovisual: “No clipe, o apocalipse é causado pelo abandono e a única saída a ele é a união e a arte”, conta Gaê.

“O Último Dia” fará parte do EP “Só – A Dois”, que nasceu da necessidade de produzir música sem aglomerar; para cada faixa, apenas dois artistas – Gaê e mais um, em um momento de isolamento social – e que será lançado em breve.

Assista aqui:

%d blogueiros gostam disto: