Jovem Dionisio estreia single “Não Foi Por Mal”

Foto: Sofia Romani

Dançante, com uma linguagem pop e ousada, Jovem Dionisio estreia nesta sexta-feira (11) novo single “Não Foi Por Mal”. Trazendo referências do bedroom pop, a faixa versa sobre desencontros de forma leve e descontraída. Este é o quarto lançamento no intervalo de dois meses do quinteto curitibano, que vem deixando o público cada vez mais engajado e lotando shows.

Também conhecidos como a “banda dos menino hidratado”, a JD vem furando bolhas e experimentando uma linguagem sonora que mescla letras simples, com uma suavidade melódica, trazendo leveza para questões mais densas. Não Foi Por Mal segue nesta linha, apresentando texturas do pop alternativo com R&B para embalar um discurso simpático, sincero, certeiro e ousado.

Dirigido por Felipe Fonseca, “Não Foi Por Mal” também chega em formato de videoclipe, que junto com a coreografia, trazem ainda mais entretenimento e vivência para a levada dançante da música. “O filme é um plano-sequência num estúdio branco, e o miscén-scene é simples: os 5 integrantes da banda em sua formação mais boyband possível, em uma coreografia performática, às vezes engraçada, às vezes surpreendente”, explicaram.

Com uma estética que mescla um pouco da bagagem musical de cada integrante e suas referências, o quinteto, que é a nova cara da MPB, flutua entre a bossa nova com uma pegada lo-fi, e traz pro Brasil fortes influências do bedroom pop. O grupo vem colhendo os frutos de seus lançamentos, somando mais de 1 milhão e meio de ouvintes mensais no Spotify atualmente.

Após os singles “Amigos até Certa Instância”, “Pontos de Exclamação” e seu remix feito por Vintage Culture e Future Class, a Jovem Dionisio ganhou um bom espaço no cenário nacional. Passou em 2 meses de 20.000 ouvintes mensais para 1.200.000 no Spotify. A faixa “Pontos de Exclamação” emplacou o grupo na lista de músicas mais virais do Brasil (2º) e do mundo (23º) no Spotify.

A Jovem Dionisio indica que vem novos lançamentos para 2022 (muito em breve) e vem, aos poucos, retornando aos palcos. Até agora, já fizeram shows com mais de 1.300 pessoas na Ópera de Arame, em Curitiba, e mais de 930 pessoas no Cine Joia, em São Paulo. A agenda já divulgada contemplará ainda cidades como Porto Alegre e Belo Horizonte, e participação em festivais importantes que acontecerão no Estádio do Mineirão e na Pedreira Paulo Leminski.

%d blogueiros gostam disto: