Lua apresenta nesta sexta-feira o EP “No Ar”

Lua

Com apenas 21 anos e alguns lançamentos bem-sucedidos na trajetória em parceria com a Warner Music Brasil, Lua embala na mistura de pop e rap urbano mais um lançamento: “No Ar”, EP disponível em todas as plataformas digitais nesta sexta-feira, dia 22 de janeiro, que, com rimas afiadas toca sobre espiritualidade, ancestralidade e astrofísica por meio de composições autorais e melodias únicas.

O projeto traz toda a essência da cantora que frequenta, desde pequena, as rodas de rap. “No Ar” chega com quatro faixas inéditas, que trazem as participações especiais de A Banca 021, Pimp, Rod 3030 e Budah.

A faixa homônima do EP, com produção feita por Theo Zagrae – que construiu um beat a partir de uma batida de violão e trouxe toda uma vibe reggae pra música de maneira orgânica para se unir ao pop – tem ainda a co-interpretação do talentosíssimo trio A Banca 021, é o single do projeto e promete cativar os ouvintes com ritmo envolvente e romântico, além de um refrão aconchegante, impossível de esquecer. A letra é assinada por Lua em parceria com o trio e chegou para a artista com o refrão e a parte deles pronta.

Em um cenário urbano, cheio de cor, Lua e o trio A Banca 021 interpretam a música para o clipe inédito, que narra a história de um casal que tem os caminhos cruzados pelo acaso. “Os meninos do A Banca 021 foram perfeitos como sempre, trouxeram essa vibe incrível de leveza e verão. Eu sempre amei a conjunção das vozes dos três, ter eles comigo nessa faixa é um orgulho imenso. São artistas incríveis”, celebra a artista.

No vídeo, previsto também para esta sexta, os artistas são cupidos que juntam casais pela cidade maravilhosa, por meio do poder do “ar”, mostrando ao público um lado romântico da Lua.

O registro, gravado na Zona Sul do Rio de Janeiro, tem direção e produção assinadas por Uriel Calomeni. Para a gravação, todos os cuidados e orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a prevenção da COVID-19 foram tomados.

O EP “No Ar” estreia depois de “Pensei”, última faixa divulgada pela cantora em 2020. Como em todos os projetos anteriores, Lua resgata a própria história para transformar em composição. Criada na Zona Oeste carioca, em meio aos conceitos de espiritualidade e energia, que hoje influenciam a música e trabalho da artista, uma verdadeira cigana urbana. Após assinar com a Warner Music Brasil, ela se apresentou durante o Rock in Rio 2019, no stand da companhia em parceria com a Mix FM. Aposta da companhia de música, Lua mostra uma crescente exponencial constante com os singles já lançados “Dali & Kali” – com beats do renomado Papatinho, “Resiliência”, “Ver e Crer” e “Sei Que Cê Quer”. Recentmente, a artista emprestou sua voz para “Guerra Fria”, single de estreia solo do cantor e compositor Luan, hoje com mais de 8.8 milhões de streams e mais de 3,9 milhões de visualizações no clipe oficial, a música é sucesso no cenário pop e R&B.

Vinda de uma família de músicos voltados para o rock, Lua canalizou nos beats a maior inspiração para as composições. O lado eletrônico se contrapõe e, ao mesmo tempo, complementa a arte plural da cantora, com a influência direta de elementos esotéricos e sincréticos trazendo uma constante ligação com o orgânico.

%d blogueiros gostam disto: