Luísa Sonza comemora 24 anos com o lançamento de “Cachorrinha”

Foto: Pam Martins

Nesta segunda-feira (18), a cantora Luísa Sonza lançou o tão aguardado single “Cachorrinhas”, que tem como feat suas pets: Gisele Pinschers, Britney Spinschers Sonza, Duda Beainscher Sonza e Rita Lee Sonza. A música é divulgada no mesmo dia do seu aniversário e vem acompanhada de um videoclipe dirigido pelo renomado diretor Fernando Nogari. O single, que tem produção da dupla Tropkillaz, já bateu recorde de pre-save, superando “DOCE 22”.

Em um ano de extrema importância para a cantora – que configurou por diversos dias no topo do Spotify, roda o Brasil levando multidão em sua turnê de “DOCE 22”, teve confirmação em dos principais festivais do mundo (Rock in Rio), e muito mais – a artista inicia uma nova fase de sua carreira ao lado da Sony Music; “Cachorrinhas” é o primeiro lançamento ao lado da nova gravadora.

“Fazer este primeiro lançamento ao lado da Sony Music, sem dúvidas, é muito importante para minha carreira. Trazer as minhas Cachorrinhas neste projeto foi incrível, quem me conhece bem sabe o quanto sou apaixonada por elas. Este é só um dos grandes projetos deste segundo semestre e estou muito feliz com o resultado”, disse Luísa.

“Hoje foi lançada a primeira música da Luísa na Sony Music. Este lançamento começou no dia da assinatura do contrato e estamos todos muito felizes e com a certeza de que é apenas o começo de uma longa e vitoriosa jornada. Que venham muitos mais e com muito sucesso”, disse Paulo Junqueiro, Presidente da Sony.

Dirigido por Fernando Nogari, a principal ideia do clipe “Cachorrinhas” é que, na noite de um eclipse lunar, as cadelinhas da Luísa ganham vida e saem para uma noitada pela cidade com ela. Elas viram uma “girl gang” e assumem atitudes clássicas de uma matilha: viram latas de lixo, invadem uma galeria fechada, roubam uma loja para ostentar os seus looks, vão a uma lanchonete e fazem uma festa em um estacionamento. Tudo durante uma noite. Ao nascer do sol, as cachorras se transformam em pinschers novamente e voltam para casa.

O filme foi todo gravado em película, em 16mm, que é um formato de filme com bastante textura. “Escolhi trabalhar nesse formato, pois queria um clipe com um visual diferente de tudo que a Luísa já fez. Acho a película pertinente, pois tem uma textura que faz jus à uma noitada de Cachorrinhas na noite de São Paulo — ela é física, é viva, imprevisível, é um processo analógico. Poucos artistas têm a coragem de embarcar em um processo onde só veremos o resultado após as gravações. Quem fez a direção de fotografia foi o espanhol Matias Penachino, que recentemente filmou o longa mexicano “Cassandro” com Gael Garcia Bernal. A direção de arte ficou nas mãos de Pol Agusti e Carol Ozzi, que já fizeram trabalhos para artistas como Grimes, Selena Gomez e Arca. Trabalhar com a Luísa e sua equipe foi um prazer enorme, foi um processo super colaborativo e fiquei admirado com a paixão e entrega que ela coloca em tudo a que se propõe”, disse o diretor do clipe Fernando.

Toda a identidade visual do clipe também foi alinhada à própria estética da artista. Com looks totalmente imersos no universo criado pelo diretor, Luísa e seu stylist Victor Miranda buscaram ressignificar peças desgastadas e de estilo underground, no intuito de trazer a essência pura do street. Com muitas adaptações, peças reestruturadas e de upcycling, cada roupa visa contar uma história por trás de cada personagem.

E para isso, foram montados quatro looks para a cantora, trazendo muita personalidade e muitas referências em cada um. Um easter egg marcante, é que em um momento do videoclipe Luísa veste a mesma jaqueta de couro utilizada anteriormente no single “fugitivos :)”, fazendo alusão a esse momento de transição para uma nova fase em sua carreira.

“Todos os looks foram pensados para a estética do clipe. Nós queríamos fazer uma imersão em tecidos streets, e de transformar coisas que não são consideradas bonitas em peças despojadas e incomuns. Tudo isso foi feito de maneira muito personalizada, e nós reconstruímos diversas peças para trazer esse efeito mais underground”, complementou Victor.

Outra parte importante da estética do clipe de “Cachorrinhas” é a sua coreografia. Durante toda a era do “DOCE 22”, Luísa Sonza e seu coreógrafo Flávio Verne criaram um estilo artístico próprio para todos os singles, desenvolvendo uma linguagem de danças que se tornaram uma marca da cantora.

Em Cachorrinhas, essa linguagem de coreografias se repete, porém em uma versão mais técnica e elaborada, representando a evolução da dança ao longo desta era e também dando um final a essa narrativa criada na estética dos seus últimos clipes.

“Eu e a Luísa criamos uma linguagem de coreografias, com a qual o nosso objetivo era criar uma identidade artística, uma marca para ela. Isso foi pensado desde o ínicio, e essa história vem desde os primeiros singles do álbum, onde praticamente todas as coreografias seguem uma mesma estética e isso foi proposital. Então nós sentimos que para a “Cachorrinhas” a gente deveria continuar seguindo essa linguagem, de forma que ela evoluísse, tanto tecnicamente como no nível de dificuldade, para que na próxima era da Luísa nós possamos criar uma nova história” acrescenta Flávio.

Com o intermédio da Mynd, maior agência de marketing de influência e entretenimento do país, as marcas Petlove e Baw entraram com product placement no clipe. A marca Petlove entrou com uma ação onde a cada 100 pré-saves da música irá doar 1 kg de ração para uma associação parceira do Instituto Luisa Mell. Já a marca Baw vestiu a Luísa com um look no videoclipe.

Além desta parceria, Luísa também foi capa da playlist “Equal” do Spotify, sendo assim a embaixadora do mês do projeto. “Equal” é o programa global do Spotify que promove a equidade para as mulheres na música.

Atualmente, Luísa Sonza se consagra entre as principais artistas pops do país, com diversas conquistas, top 1 no Spotify, bilhões de streamings nas plataformas, mais de 60 milhões de seguidores nas redes sociais, 8 milhões de ouvintes mensais só no Spotify e muito mais.

%d blogueiros gostam disto: