“Mosquito”, coproduzido pela brasileira Delicatessen Filmes, é o filme de abertura do Festival de Roterdã

MOSQUITO, dirigido por João Nuno Pinto, acaba de ser selecionado para o Big Screen Competition 2020, do Festival International de Cinema de Roterdã, que chega em sua 49a edição em janeiro de 2020. O filme é uma produção da Leopardo Filmes em co-produção da Alfama Films Production, APM Produções, Mapiko Filmes e da brasileira Delicatessen Filmes, empresa que atua no mercado de áudio visual, e este ano passou a investir no cinema nacional.  

O filme acompanha Zacarias, um jovem português sedento por viver grandes aventuras heroicas durante a Primeira Guerra Mundial. Enviado para Moçambique, onde o conflito se desenrola longe dos olhares do mundo, o jovem soldado é deixado para trás pelo seu pelotão, partindo numa longa caminhada selva adentro, em busca dos seus camaradas, da guerra e dos seus sonhos de glória.  

Durante a sua odisseia, acossado por febres de malária e ameaças constantes, Zacarias é confrontado com situações que o colocam frente-a-frente com os limites do seu corpo, a loucura dos homens e os ideais que persegue. Baseado numa história verídica, MOSQUITO navega num limbo entre o espaço e o tempo, cruza constantemente a linha que divide a realidade e a ficção, num confronto com o horror da guerra e a subjugação dos povos. 

No elenco estão João Nunes Monteiro, João Lagarto, Filipe Duarte, Josefina Massango, Aquirasse Nipita, Sebastian Jehkul, Miguel Moreira, Alfredo Brito, Miguel Borges, João Vicente, Messias João, Hermelinda Simela, Gigliola Zacara, Gezebel Mocovela e com participação especial de Ana Magaio e Camané. A fotografia de MOSQUITO é do brasileiro Adolpho Veloso, e o roteiro é da também brasileira Fernanda Polacow em parceria com Gonçalo Waddington. 

Sinopse 
Zacarias é um jovem português sedento por viver grandes aventuras heroicas durante a Primeira Guerra Mundial. Enviado para Moçambique, onde o conflito se desenrola longe dos olhares do mundo, o soldado vê-se deixado para trás pelo seu pelotão e parte numa longa odisseia mato adentro, à procura da guerra e dos seus sonhos de glória. 

%d blogueiros gostam disto: