Ouça “Numanice Ao Vivo”, novo álbum da Ludmilla

Ludmilla
Foto: Ygor Marques

O ano de 2021 começa com um importante lançamento na carreira de Ludmilla, o aguardado show “Numanice Ao Vivo” aterrissa, nesta sexta-feira dia 29 de janeiro, como álbum em todas as plataformas digitais e também como show completo em seu canal do Youtube. Gravado em novembro de 2020, sem plateia – como pedem os tempos atuais – o registro das 14 faixas do lançamento, no entanto, foi feito em cenário estonteante: o Pão de Açúcar, reservado exclusivamente para ela. Com o feito (que teve investimento superior a 1 milhão de reais) Ludmilla passa a ser a primeira cantora a se apresentar no Pão de Açúcar – tradicionalmente os shows artísticos no ponto turístico são gravados no Morro da Urca. “Quis mesclar os sucessos de “Numanice”, com músicas já consagradas e bastante conhecidas do público. Na falta do público não medi esforços para gravar num dos cenários mais incríveis da nossa cidade. Estou na maior expectativa para saber o que a galera vai achar. Fiz com muito carinho” – conta Ludmilla.

Derivado do aplaudido EP “Numanice”, lançado em abril de 2020 – com todas as faixas no Top 100 e o single “Amor Difícil”, no Top 40 – o conta com muitas participações especiais do mesmo segmento, são elas: Thiaguinho,Bruno Cardoso, Vou Pro Sereno e Di Propósito, além do rapper Orochi. “É um ritmo que faz parte da minha história pessoal pois foi a partir dele que comecei a querer cantar, a gostar e a querer me aperfeiçoar. O ritmo sempre esteve presente na minha vida familiar. Foi muito prazeroso e ao mesmo tempo uma responsabilidade. Gravar com essas feras não foi mole não, tenho muita admiração e respeito por todos e poder fazer isso com aval deles é demais” – completa a cantora.

Diferentemente do pop e do funk, ritmos que pautam a carreira musical da artista, a ideia do novo álbum surgiu da vontade da cantora em registrar um “pagodinho de respeito” com alguns convidados. Ao todo são 14 faixas incluindo sendo uma inédita a primeira música de trabalho: o single “Ela Não”, de autoria da própria cantora. O preciosismo de Ludmilla ao realizar o projeto está em cada detalhe e isso inclui um bem importante: a produção musical de fica a cargo de Rafael Castilhol, que desde os anos 1990 está em projetos de grandes artistas do pagode como a extinta banda Soweto, Sorriso Maroto, o cantor Belo, entre outros.

Uma das participações especiais, Bruno Cardoso, do grupo Sorriso Maroto, canta com Lud a faixa “Não é Por Maldade”. “A Lud é versátil, plural, talentosíssima. Quando escutei o álbum “Numanice”, pirei. Fiquei com a música “Não É Por Maldade” no repeat por semanas. Já nos conhecíamos, mas nunca tínhamos feito nada juntos. Cheguei até a convidá-la pra cantar antes. Mas não era pra ser naquele momento, porque algo muito legal estava sendo preparado e chegou o momento” – resume Cardoso.

Com Thiaguinho, cantor com quem já dividiu palco e estúdio em outras ocasiões, Ludmilla fez dueto em “Amor Difícil”: Cantar com a Lud é sempre uma delícia! E cantar pagode com ela é mais gostoso ainda! Sei o quanto ela curte e ela faz com propriedade” – finaliza o cantor.

%d blogueiros gostam disto: