Paranaense Giana busca conquistar mais público pelo país com o pop dançante

Foto: Marcelli Clivati

Com influências que vão de Bruno Mars a Marília Mendonça, Giana, artista paranaense de 21 anos, chegou ao mercado da música com força total. 

O sonho da música começou ainda criança, quando Giana assistiu aos filmes de High School Musical e viu nascer a vontade de cantar em inglês. “Desde que eu era criança e tentava cantar igual ao filme [High School Musical] e, ali, eu só cantarolava a melodia, eu sabia que queria aprender a cantar em inglês. Hoje em dia, sendo fluente, dependendo da vibe, a música flui nas duas línguas e eu gosto de explorar isso”, comenta a cantora.

A facilidade em compor em inglês trouxe à tona os dois lançamentos mais recentes da cantora. A faixa “Stuck Into This”, lançada em 2020, é seu primeiro trabalho autoral e já soma mais de 685 mil plays apenas no Spotify. Além dela, no último ano, a cantora participou da faixa “Beggin”, também em inglês, ao lado do duo Dubdogz e DJ GHOSTT, consagrados  na música eletrônica.

Além disso, Giana é multi-instrumentista, com mais de 20 instrumentos em sua lista, incluindo violão, guitarra, ukelele, cavaquinho, gaita de boca, piano, teclado e todos os instrumentos de percussão. Nas influências musicais, a artista cita Carol Biazin, Marília Mendonça, Jorja Smith, Bruno Mars e Justin Bieber como as principais e mais versáteis referências. 

Para este ano, a cantora planeja lançamento de novas faixas, trazendo o elo entre o pop e o sertanejo, ritmo que a inspira em suas composições. A música “Vai e Vem” chega em fevereiro, como pontapé inicial para 2022.  

%d blogueiros gostam disto: