“Viúva de Ferro”: best-seller do New York Times se inspira na única imperatriz da China para criar uma distopia eletrizante

Um dos lançamentos mais aguardados do ano, Viúva de Ferro chega a partir de 24 de fevereiro às livrarias pela Intrínseca. O livro de Xiran Jay Zhao, que tem feito um enorme sucesso no Twitter e no TikTok, se inspira na história de Wu Zetian, a única imperatriz da China, para criar uma ficção científica eletrizante e inovadora.
 
Em Huaxia, os garotos sonham em pilotar as crisálidas, robôs gigantes que protegem a humanidade dos ataques constantes de alienígenas. Para as garotas, a maior honra é ser uma piloto-concubina, se conectando aos pilotos homens e fornecendo energia vital às máquinas de guerra. Porém, pouquíssimas concubinas conseguem sobreviver à força dessa conexão mental tão intensa.
 
Aos 18 anos, Wu Zetian se alista como piloto-concubina com um único objetivo: matar o responsável pelo assassinato de sua irmã. O que nem ela mesma esperava era se revelar uma Viúva de Ferro, um tipo raro de concubina capaz de sugar a energia dos homens nas crisálidas, levando-os à morte.
 
Para domar suas habilidades mentais extremamente poderosas, o Exército coloca a jovem ao lado de Li Shimin, o piloto mais temido de Huaxia. Mas agora que descobriu o próprio poder, Zetian não desistirá tão fácil, e usará todas as suas armas para decifrar e destruir o sistema de pilotos antes que mais mulheres sejam sacrificadas.
 
Unindo ficção científica, fantasia e elementos da história chinesa, Viúva de Ferro foi apontado como um dos melhores livros de 2021 pelo Boston Globe e pela Amazon e se tornou um best-seller. Em sua audaciosa estreia literária, Xiran Jay Zhao constrói um universo grandioso e ameaçador, ao mesmo tempo que levanta importantes discussões sobre gênero, sexualidade, misoginia e feminismo.

%d blogueiros gostam disto: