Aposta do feminejo, Allana Macedo fala sobre novos projetos

allana macedo

Nascida em Planaltina, Distrito Federal, Allana Macedo cresceu cercada por costumes e tradições que influenciaram na mulher que vinha se tornar. Amante da música sertaneja desde sua infância, ela recorda de momentos ao lado de seu pai Geulando Xavier, violeiro e seu avô Baltazar, sanfoneiro e cantor de boas modas de viola.

Foi assim, colecionando memórias que aprendeu a tocar violão, se tornando estrela nas festas de família e amigos. O tempo passou e foi então que decidiu publicar um vídeo na internet, não esperando que atingiria mais de 1 milhão de visualizações em pouco tempo, ganhando inscritos no canal e fãs de toda parte. A partir daí, Allana entendeu sua vocação e se entregou para a arte. Ano passado ela gravou o DVD “Ao Vivo em Goiânia – Nos Barzin da Vida”, com participações de Naiara Azevedo e Humberto e Ronaldo.

Hoje, são mais de 25 milhões de acessos em seu canal no Youtube, mais de 1 milhão de curtidas no Facebook, número este que surpreendo, uma vez que não é comum e no instagram, ultrapassa os 130 mil seguidores. A cada dia que passa, seu espaço torna-se mais consolidado, se destacando em cenário
nacional.

O Caderno Pop bateu um papo com a revelação do feminejo; confira:

Você é do DF, uma região que não é tão conhecida pelo sertanejo, mas sim pelo rock. Hoje você já é destaque no feminejo, mas queria saber se o rock teve alguma influência na sua carreira. Pensou em seguir outro estilo
Quando era mais nova ouvia muito Legião Urbana e Avril Lavigne, amava mas não ao ponto de mudar o meu estilo musical. Meu amor pelo sertanejo nasceu comigo e me acompanha até hoje.

O ano passado foi bem diferente pra vários setores, pricipalmente o de entretenimento. Conta pra gente um pouco do que você fez em 2020 além do DVD – se tirou o ano pra pensar em composições, garimpar repertório para um próximo álbum ou DVD… e o que disso já virou plano para 2021.
Ano passado realmente foi um ano muito complicado para nosso setor de entretenimento, estamos há 1 ano sem fazer shows. Mas ano passado eu me concentrei muito em lives para manter minha banda e minha equipe e em conteúdos diversos nas mídias sociais para estar mais próxima do meu público. Agora em 2021 voltei a compor bastante e estamos selecionando um repertório lindo e incrível para meu novo DVD que será gravado em breve – não posso ainda contar a data mas vocês vão amar com certeza.

Falando em 2021, o ano já começou com um feat de sucesso. Você comentou que é fã de Humberto e Ronaldo. Essa parceria já estava sendo discutida há um bom tempo antes da gravação? Eles foram os únicos feats do DVD?
Sempre acompanhei o trabalho deles e era fã. Foi um presente que ganhei muito perto da gravação do DVD, a gente não estava planejando outra participação no DVD além da Naiara Azevedo até ela me apresentar eles que foram super queridos e toparam na hora entrar em uma música do DVD. a “Não Me Negue” .

Falando de novo no feminejo, que está em ascensão há alguns anos, quais cantoras você admira e tem vontade de gravar ou escrever uma música?
Todas. Acho que a união das mulheres que fez o feminejo crescer tanto e romper as barreiras que existiam do preconceito. Mas dentre todas sempre tive muita vontade de escrever e gravar uma música com a Marília Mendonça que sou super fã da sua história , talento e trajetória.

%d blogueiros gostam disto: