Conversamos com Joel Corry, o DJ que já conquistou o mundo com seus hits

Joel Corry

Quem acompanha a série da MTV Geordia Shore provavelmente se lembra do Joel Corry. De astro do reality, agora ele é um DJ indicado ao Brit Awards, uma das maiores premiações do mundo! Ele concorre a Artista Solo Masculino, Breakthrough Act e Single do Ano por “Head & Heart”, que estourou ano passado em todos os charts. A música é uma parceria com MNEK, cantor, compositor e produtor musical inglês que ficou famoso e reconhecido por co-interpretar “Never Forget You” da Zara Larsson.

Joel Corry começou a carreira musical em 2015 mas o primeiro grande sucesso veio em 2019 com “Sorry”, uma versão repaginada do clássico britânico de mesmo nome do Monsta Boy. “Sorry” passou dez semanas no Top 10 do Reino Unido e quebrou recorde diário no Shazam do país, depois de a faixa ter recebido mais de 41 mil buscas em um período de 24 horas.

Neste ano ele lançou “Bed”, uma parceria com Raye e o DJ David Guetta. O clipe da música já acumula mais de 7 milhões de visualizações no YouTube.

O Caderno Pop conversou com o astro da música, que falou sobre as parcerias e o sonho que está vivendo com o sucesso de suas faixas. Confira:

“Head & Heart” quebrou recordes e se tornou uma das músicas mais tocadas, não só no Reino Unido, mas em todo o mundo. Foi sua primeira colaboração com o MNEK? Como isso surgiu?
“Head & Heart” foi minha primeira colaboração com MNEK. Eu estava trabalhando na faixa por alguns meses, mas ainda não havia encontrado o vocal certo. Felizmente, a demo em que eu estava trabalhando caiu nas mãos do MNEK. MNEK me enviou uma mensagem no Instagram e me disse que amou a demo e gostaria de fazer um vocal. Fiquei muito feliz, pois sempre fui um grande fã do MNEK. MNEK me enviou seu vocal e foi perfeito! Ele também adicionou algumas seções extras de escrita que realmente contribuíram para o registro. Nós dois sabíamos que “Head & Heart” era uma música especial, mas não previmos o quão grande ela se tornaria! Sou grato por ter compartilhado essa jornada com o MNEK. Ele é uma das pessoas mais talentosas que já conheci e nos tornamos bons amigos. Tenho orgulho de fazer parte de seu sucesso e estou animado para vê-lo crescer ainda mais.

Poucos meses depois de lançar o sucesso global “Head & Heart”, você agora está promovendo seu novo single “Bed”, com Raye e David Guetta. A faixa já se mostra como mais um grande sucesso, também no Brasil, com milhões de streams. Conte-nos sobre essa colaboração, como foi o processo com Raye e como David Guetta foi incluído no single.
Eu estava em uma sessão de estúdio no verão passado com Jin Jin, que é um compositor incrível. Jin Jin tocou algumas das demos de Raye, uma das quais foi “Bed”. Era apenas o refrão, mas assim que ouvi soube que era mágico. Eu tive uma visão para o registro imediatamente. Os vocais de Raye soaram incríveis, adorei a melodia do refrão e as letras eram divertidas e frescas. Naquela noite, enviei uma mensagem para Raye no Instagram e disse a ela o quanto adorei a ideia de “Bed” e perguntei se ela gostaria de trabalhar comigo nela. Ela respondeu de volta e ficou animada para trabalhar comigo e me disse que escreveu a ideia com David Guetta! Enviei um e-mail para David e ele respondeu que estava feliz por eu trabalhar na ideia. Uma semana depois, eu estava no estúdio com Raye e foi assim que a jornada “Bed” começou!

Tanto “Head & Heart” quanto “Bed” foram lançados em tempos de pandemia, com todos nós em nossas casas. Como foi para você? O processo de gravação foi totalmente virtual?
Eu estava trabalhando em “Head & Heart” por alguns meses antes da pandemia, a produção principal da faixa estava quase concluída. MNEK adicionou seus vocais ao “Head & Heart” em março de 2020 durante o primeiro lockdown. O MNEK tinha um estúdio em sua casa, então foi fácil para ele gravar em casa e terminamos a música remotamente. Tive a sorte de entrar em estúdio com Raye durante o verão de 2020 para gravar “Bed”. As restrições foram suspensas no Reino Unido, o que nos permitiu trabalhar juntos na mesma sala. Eu acredito que foi vital que pudéssemos estar juntos no estúdio, pois ambos nos conectamos e compartilhamos uma visão para a faixa. Estou animado para voltar ao estúdio em tempo integral, já que as restrições no Reino Unido estão sendo suspensas novamente, espero que as coisas não mudem novamente!

Você começou sua carreira em 2015 e quatro anos depois saiu o sucesso “Sorry”. Após este lançamento, vimos você colaborar com Diplo, Marcus Mumford e vários outros artistas, incluindo um remix de David Guetta – como Jack Back – para “Head & Heart”, antes da participação dele em “Bed”. Trabalhar com esses grandes nomes é um grande reconhecimento do seu próprio trabalho? O que você acha disso? Você já se imaginou nesta posição, como um dos maiores artistas?
Estou vivendo meu sonho! Sinto-me muito feliz e grato por estar nesta posição. Trabalhei muito durante muitos anos e tentei ‘mandar ver’. Houve momentos em que não parecia possível. Tenho uma equipe incrível de pessoas ao meu redor que trabalha muito e acredita em mim. Eles têm sido uma grande chave para o meu sucesso. Estou apenas no início da minha jornada e estou pronto para trabalhar mais duro do que nunca. Estou tão animado com o futuro… vamos lá!

%d blogueiros gostam disto: