Dupla Léo e Raphael anuncia gravação de clipe em Barretos

Foto: Mauricio Antônio

A dupla Léo e Raphael contou ao Caderno Pop na noite desta quarta-feira (6) após um show realizado na Fazenda Churrascada, em São Paulo, que vai gravar um clipe novo durante a Festa do Peão de Barretos deste ano. Este será o terceiro ano que “os menino da pecuária”, como são conhecidos nacionalmente, vão cantar na festa dia 27 de agosto.

Atualmente a dupla divulga o audiovisual “Mar de Chapéu”, que já foi lançado parcialmente, mas terá mais músicas disponibilizadas até agosto, quando acontece a festa de rodeio mais famosa do mundo.

“A gente lançou quase metade do DVD Mar de Chapéu, que a gente escreveu com muito carinho, muito focado, muita música do nosso estilo, defendendo a turma do chapéu, rodeio, agro, mas também gravamos coisas que gostamos demais, como vanera romântica e toda semana vai ter lançamento até agosto, moda em cima de moda”, conta Léo. “Agora vamos lançar o restante dos vídeos, algumas músicas ainda não foram lançadas, é só a galera ficar ligada porque agora vem muita bomba e quando a gente acabar de lançar o DVD em agosto vem novidade, vem música nova”, adianta Raphael.

Além disso, a dupla contou que em setembro, em Londrina/PR, vai gravar um EP durante um show que será realizado na cidade. “Não para! É lançamento em cima de lançamento até o final de ano”, comemora Léo.

Vem saber mais sobre a dupla! Tudo começou em 2014, quando os paranaenses Léo e Raphael decidiram se unir e dar início a uma fase diferente de suas vidas juntos. Antes disso, ambos já haviam se envolvido com a música. Léo começou a cantar e ganhou o primeiro violão aos 12 anos. Se apresentava em bares e festas universitárias na região de Londrina/PR. Hoje, além de violão, toca viola e gaita de boca. Já Raphael, começou a tocar guitarra na igreja, aos 15 anos de idade, e não parou mais.

Tiveram duplas com outros parceiros, mas quando se encontravam para compor, sentiam uma grande conexão artística entre si. Suas obras eram gravadas por artistas conhecidos, e assim, foram ficando mais próximos e ganhando destaque no meio sertanejo. Desfizeram suas antigas duplas e decidiram seguir juntos e formar a dupla Léo & Raphael, a parceria passou de além das composições para os palcos.

“Na Contramão do Sucesso”, primeiro álbum , foi lançado em 2015 e trouxe 13 faixas, incluindo os sucessos “Taca Cachaça pra Nóis”, em parceria com Fabinho e Rodolfo, com aproximadamente 12 milhões de visualizações no YouTube, “Quem Disse Que Me Viu Mentiu” com cinco milhões de views e “Nega” com 300 mil views.

Na sequência, veio o divisor de águas na carreira de Léo e Raphael, o primeiro hit: “Sai do Mato Veiaco”! Com mais de 41 milhões de visualizações, foi ele que definiu a linha que os cantores traçariam, por trazer uma sonoridade diferente e o bordão kikikiu, que pegou no universo sertanejo. Eles também apostaram em “Tchau Brigado”, a faixa irreverente ultrapassou a marca dos 44 milhões de views no YouTube. No ano seguinte, a dupla lançou mais um single que estabeleceu e deu força aos cantores no cenário agro brasileiro, chamado “Som de Peão”.

Em 2017, gravaram o DVD “Tão Prático”, em Londrina, trazendo notoriedade nacional à música “Cê Gosta”. No ano seguinte, tiveram outros lançamentos, com destaque para “Os Derrameiros”. Foi em 2019 que deram um grande passo ao apresentar a faixa “Agro É Top”, que traduz a riqueza e a força do nosso agro. O single deu a eles o título de ‘Os Meninos do Agro’. No ano seguinte, com o início da pandemia, Léo & Raphael fizeram a live “Os Caipiras”, com músicas inéditas e regravações. A transmissão acabou sendo registrada e virou DVD.

Depois, apresentaram “Os Menino da Pecuária”, um hit que viralizou e conquistou todo o país, plataformas digitais e redes sociais. A canção ficou entre as 10 mais tocadas no período do pós-lançamento.

Recentemente, escreveram mais um capítulo dessa história tão cheia de páginas marcantes, foi com a gravação do projeto audiovisual “Mar de Chapéu”. A música “Larga aí pra ver”, faz parte do Volume 1, e tem feat. de Jorge & Mateus, a junção das duplas mostrou que o sertanejo é livre e se encaixa, combinando romantismo, sotaques e sonoridades de todo país. Outra faixa que caiu no gosto do público é “Colinho do Roceiro”, com Mano Walter.

%d blogueiros gostam disto: