“Essa vai ser a primeira música que vou lançar que não é uma história verídica”, conta Elana Dara sobre novo single “Sem Fim”

ELANA E NILO - Rodolfo Magalhães_Easy-Resize.com
Elana Dara e Nilo – Foto: Rodolfo Magalhães

Menos de um ano de carreira, mas Elana Dara está se mostrando cada vez mais a artista completa e multifacetada que é! Depois do sucesso de “Ninguém dá certo cmg”, com mais de 6,6 milhões de visualizações no YouTube, a curitibana chega ao seu quarto single, inaugurando uma nova fase em sua recente estrada. Intitulada “Sem Fim”, a música lançada pela Warner Music Brasil e disponível em todas plataformas digitais nesta sexta-feira (30), conta com a participação do jovem cantor Nilo e traz uma “nova Elana”, que se mostra não só na presença de um beat na música, mas também em um contexto lírico mais amadurecido musicalmente da letra. A música também ganhou um videoclipe assinado por Mateus Rigola.

Assista:

“Sem Fim” nasceu quase que por acaso. Elana e Nilo se conheceram por meio de um universo comum: o mundo dos covers na internet. Apesar de já estar profissionalmente na estrada e investindo em repertório autoral, Elana tem muita ligação com o lugar de onde surgiu como cantora e quando se deparou com o trabalho de Nilo acabou se encantando. “A gente começou a conversar, trocar uma ideia e nos encontramos em estúdio”, lembra Elana. Com uma admiração mútua pelo trabalho e a vontade de comporem juntos, despretensiosamente foram ao estúdio White Monkey. Por lá, em um noite, “Sem Fim” nasceu, com as partes de cada um feitas separadamente, e amaram tanto a música que Elana resolveu lançar como um single o quanto antes, retratando essa sua nova fase como artista.

Diferentemente de outros singles em que Elana se pautava e se inspirava em situações particulares ou de pessoas próximas ou até mesmo mínimos detalhes de seu cotidiano para começar uma composição, “Sem Fim” nasceu desse novo ato de fazer música de Elana Dara. “Nessa música em específico eu me coloquei em um personagem para escrever. Como se eu tivesse falando aquelas coisas para o Nilo e ele pra mim, e o resultado final foi muito maneiro, uma história de amor. Não é algo que realmente tenha acontecido na minha vida, mas depois que eu escrevo e me coloco nesse personagem parece que foi verdade!”, comentou Elana sobre o processo de criação da música.

O Caderno Pop bateu um papo com a artista sobre o novo single, confira:

No seu último single, você cantava que não dava certo com ninguém, e agora em “Sem Fim” já mostra um pouco de amor envolvido. A curiosidade é: a música anterior surtiu efeito na vida amorosa?
hahahahahahah não! Mas as pessoas sempre fazem esse trocadilho comigo e eu acho muito engraçado! Mas ainda ninguém deu certo cmg e acho que isso vai continuar por uns bons tempos ahahahahahah

Brincadeiras à parte, “Sem Fim” é bem diferente de tudo que você tem lançado e a faixa mostra uma nova fase da Elana. Você pretende mudar um pouco o foco das composições, deixando de retratar alguma situação da sua vida ou algo biográfico e investir em músicas que abordam outros temas?
Na real, essa vai ser a primeira música que vou lançar que não é uma história verídica, mas já compus várias músicas que de fato não tenha vivido. Mas acho que a gente não consegue criar algo que não sente, sabe? Posso estar contando uma história que não aconteceu comigo, mas tem sentimento envolvido e a gente se coloca em personagens tentando traduzir esse sentimento. Eu acho que gera identificação mesmo assim.

Sobre a parceria com o Nilo, que assim como você, vem do universo de internet e covers. Você acompanha os novos talentos e artistas que estão surgindo pela internet? Pretende fazer mais feats como esses, com artistas que surgiram na web?
Com certeza! Acho que cada vez mais a galera está surgindo pela internet e a gente tem que ficar atento aos novos talentos que estão aparecendo aí. Eu apareci desse jeito e tem muita gente que já é muito grande e que surgiu pela internet. Ninguém merece menos estar na cena só porque não teve investimento de grana ou porque não apareceu primeiro com covers.

Menos de um ano de carreira e muita coisa mudou na sua vida. A gente sabe que não é fácil um artista chegar onde você chegou. Queria que você contasse um pouco como tem sido esse ano – não foi fácil pra ninguém mas foi um ano que te trouxe muitas conquistas. Como seria a sinopse do seu filme de 2020?
2020 foi um ano muito ímpar para todo mundo. No início da quarentena estava todo mundo chocado com tudo e com a situação, existia um ar meio negativo. Mas acho que agora a gente está aprendendo a lidar e dando um jeito de continuar vivendo a vida mesmo no meio da pandemia. Acho que 2020 foi um ano de muito aprendizado pessoal e profissional também, de muita evolução.

%d blogueiros gostam disto: