Lauana Prado lança a inédita “Elevador”, novo single do álbum “Raiz”

Lauana Prado segue encantando fãs e conquistando novos ouvintes com “Raiz”, seu mais recente álbum. Focado em clássicos do sertanejo reimaginados para o estilo único da artista, o projeto apresenta agora sua primeira e única faixa autoral, “Elevador”. Trazendo uma importante e forte mensagem, a música foi escrita por Lauana Prado, Dr Felipe Rocha, Lanutti, Vinny Peres e MV. O single chegou às plataformas digitais na noite de 21 de julho, acompanhado de um videoclipe, que já está disponível online.

O novo single vem durante o sucesso de Raiz nos palcos, plataformas de música e principalmente nas redes sociais. Dezenas de milhares de vídeos já utilizam as músicas do projeto na criação de novo conteúdo, impulsionando o alcance ao virilizar entre os usuários. O medley da faixa “Um Sonhador”, por exemplo, já acumula mais de 47 mil criações no TikTok, e mais de 16 mil vídeos com a faixa no Reels do Instagram.

Assim como as outras faixas do álbum, “Elevador” foi produzida por Lauana Prado e Henrique Souza, que também é diretor musical do projeto. Sobre a inspiração para a canção e a importância da letra, Lauana comenta:

“Elevador é a única faixa inédita desse projeto, porque ele é realmente mais focado e dedicado para regravações de clássicos sertanejos. Mas eu fiz muita questão de trazê-la para dentro desse trabalho, porque ela tem uma história forte, muito tocante e que é presente na vida de muitas, infelizmente. A música especialmente dá voz a elas. Ela conta a história de uma mulher que resolve se libertar de uma relação tóxica de forma empoderada. ”

Dirigido por Fernando Trevisan Catatau, o vídeo foi filmado em cenário intimista, potencializando a atmosfera emocional que a artista oferece com sua performance. Aqui, Lauana é vista em sua essência, mostrando seu lado mais “pé no chão”, deixando um pouco de lado a artista deslumbrante dos palcos, e compartilhando um pouco de sua intimidade. A Launa de Raiz é a pessoa que ama receber os amigos em casa, fazer churrasco de camiseta, shorts jeans e chinelo, enquanto curte um vasto repertório, que vai do modão ao som do boteco. O clipe ainda conta com direção de fotografia por Carlos Nogueira dos Santos, cenário por Unic Film e Iluminação de WOLF Produções. Sobre gravar com a presença do público, Lauana comemora:

“A conexão do público foi imediata, porque a mensagem da música é muito real. Parece que existiu, por parte dos fãs, uma vontade espontânea de cantar junto. Eu percebi que as pessoas realmente tinham algo para colocar para fora e a mensagem da música traz isso, esse poder de libertação. Por isso, ela foi escolhida para fechar o projeto ‘Raiz’, porque ela ganhou uma vida muito grande depois da gravação ao vivo. Esse trabalho foi uma realização para mim, não só como a autora e cantora, mas como produtora, arranjadora e idealizadora. Isso trouxe uma felicidade enorme e estou ansiosa para ver a reação das pessoas.”

Elevador contou com Lauana Prado, Henrique Souza e Borqz nos violões, William Santos na sanfona, Alex Mesquita no contrabaixo, Ale Di Vieira na percussão e Marlon Mendes na percuteria. A edição de áudio ficou por conta de Borqz, e a mixagem e a masterização com William Santos.

Gravado na Casa do Lago, na Estância Alto da Serra, em São Paulo, “Raiz” conta com 22 canções que marcaram o sertanejo, em sua maioria pot-pourris e regravações de clássicos e novos sucessos do gênero. Entre os destaques do repertório, que ressalta as raízes sertanejas de Lauana, estão sucessos antológicos como “Não Aprendi Dizer Adeus”, sucesso da dupla Leandro & Leonardo; “A Ferro e Fogo”, da dupla Zezé Di Camargo & Luciano; “200 Por Hora”, de Jorge & Mateus; “Efeitos”, de Cristiano Araújo; o lado B de Bruno & Marrone e regravações de aristas contemporâneos, como Henrique & Juliano e até mesmo da banda Nashville. Lauana também apresenta as releituras de “Vontade”, “É Isso Que Chamam de Amor”, “Não Tem Bar na Cidade”, canções da discografia da artista.

%d blogueiros gostam disto: