Paramount+ estreia “Madame X”, novo documentário musical de Madonna

Foto: Ricardo Gomes

A MTV Entertainment Studios, e o Paramount+, plataforma de streaming da ViacomCBS, anunciaram que o tão aguardado documentário de Madonna, “Madame X”, estreará a partir da sexta-feira, 8 de outubro, com exclusividade no Paramount+ nos Estados Unidos, América Latina, Austrália, países nórdicos e Canadá. Fãs de fora desses mercados podem assistir ao documentário na MTV .

Filmado em Lisboa, Portugal, o filme captura a rara e arrebatadora performance da turnê da rainha do pop, saudada por um público de teatros lotados ao redor do mundo. A experiência de streaming íntimo e sem precedentes, proposta pela produção, levará os espectadores a uma jornada tão atraente e audaciosa quanto a destemida personagem criada por Madonna. “Madame X” é uma agente secreta que viaja pelo mundo, mudando identidades, lutando pela liberdade e trazendo luz para lugares sombrios.

“Dividir minha visão com públicos globais tem sido profundamente significativo para mim. A oportunidade de levar uma mensagem e a arte incandescente feita por todos os envolvidos nessa produção, a um público ainda mais amplo, chega em um momento em que a música é tão necessária para nos lembrar do vínculo sagrado de nossa humanidade compartilhada”, disse Madonna .

“Madonna é, sem dúvida, a maior estrela do mundo, nunca parando de ultrapassar os limites e moldar o cenário da cultura pop. Ela e a MTV juntas, têm uma história incrível e estamos entusiasmados em continuar ampliando nossa parceria globalmente com a estreia mundial e exclusiva de “Madame X” no Paramount+ em outubro”, declarou Bruce Gillmer, diretor de conteúdo, música do Paramount + e presidente de música, talentos musicais, programação e eventos da ViacomCBS.

A performance excepcional de Madonna em “Madame X” celebra seu décimo quarto álbum de estúdio de mesmo nome, vencedor de sete prêmios Grammy, que estreou em primeiro lugar na parada da Billboard 200 e captura novas músicas ao lado de sucessos anteriores e canções favoritas dos fãs para uma jornada teatral incomparável. O álbum linguisticamente diverso, com diversas estrofes em português, é inspirado por sua vida imersa nas ricas influências culturais de Lisboa. É também, uma carta de amor ao multiculturalismo e um testemunho da influência transformadora de Madonna na cultura global e do respeito pela cultura que recebeu elogios do The New York Times como um: “espetáculo pop reimaginado para um palco de teatro, mesclando sua música mais recente e clama por consciência política com uma intimidade impressionante”.

Conhecida universalmente por sua arte e capacidade de assumir riscos, “Madame X” apresenta 48 performers no palco, incluindo filhos de Madonna, músicos e dançarinos de todo o mundo. Além da Orquestra Batukadeiras, exclusivamente feminina, cuja apresentação da faixa “Batuka” evoca o Batuque, um estilo de música criada pelas mulheres originárias de Cabo Verde. A turnê atraiu aclamação da crítica, dos fãs e da mídia, com a Forbes proclamando: “Como “Madame X”, Madonna é sua personalidade mais autêntica no palco em anos”; e a Billboard descrevendo-a: “no seu melhor, sem remorso, intransigente, inflexível e em total controle”. The Atlantic descreve seu impacto cultural: “O poder de um show tão bem-sucedido é que ele o transmite diretamente para o cérebro humano quente, atrevido e fixante, fazendo você acreditar que ele é correto. Que melhor entretenimento poderia haver do que deixar o teatro com a sensação de que uma estrela pop pode salvar o mundo?”.

Da MTV Entertainment Studios, “Madame X” é dirigido por Ricardo Gomes com co-direção da SKNX e direção musical de Kevin Antunes.

A “Madame X Tour” foi criada e dirigida por uma equipe liderada por Madonna, incluindo Jamie King como produtor criativo e Megan Lawson como co-diretora e coreógrafa principal. Assistência criativa e coreografia de Damien Jalet, figurino de Eyob Yohannes, direção musical de Kevin Antunes e cenografia de Ric Lipson para Stufish Entertainment Architect.

%d blogueiros gostam disto: