“Renegados: Born in the USA”: livro de Barack Obama e Bruce Springsteen tem lançamento mundial em outubro

Foto: Rob DeMartin

Em parceria com a Higher Ground, a Penguin Random House anunciou hoje (22) a publicação global de “Renegados: Born in the USA”, em 26 de outubro de 2021. O livro é uma série de conversas íntimas, francas e descontraídas entre o presidente Barack Obama e o lendário músico Bruce Springsteen. A notícia foi anunciada por Markus Dohle, CEO da Penguin Random House, que adquiriu os direitos mundiais de Deneen Howell da Williams & Connolly LLP. No Brasil, o livro sairá pela Companhia das Letras. A edição terá 320 páginas, com mais de 350 fotografias e ilustrações coloridas, e entrará em pré-venda a partir de hoje (22).

“Renegados: Born in the USA” é uma expansão do diálogo que Obama e Springsteen começaram no podcast Renegades — produzido em parceria com o Spotify e é um dos programas mais ouvidos mundialmente na plataforma. Durante essas conversas, eles compartilham histórias exclusivas e reflexões sobre a vida, a música e a relação de cada um com os Estados Unidos, sem deixar de lado os desafios e as contradições que o país abriga. Publicado em edição especial e fartamente ilustrado, Renegados também apresenta fotografias raras e exclusivas do acervo pessoal dos autores, além de material inédito, incluindo letras manuscritas de Springsteen e discursos anotados de Obama, oferecendo um retrato de dois outsiders que ajudaram a moldar a história da América.

Ao longo de vários dias, Obama e Springsteen se encontraram para conversar. De origens e experiências distintas, eles parecem ter pouco em comum à primeira vista. Mas, como ressalta o presidente Obama na introdução do livro:

“Ao longo dos anos, o que descobrimos é que temos uma sensibilidade em comum. Sobre trabalho, família e os Estados Unidos. À nossa maneira, Bruce e eu temos trilhado caminhos paralelos tentando entender este país que tanto nos deu, tentando narrar as histórias de sua gente e procurando uma forma de conectar nossa própria busca de sentido, significado, verdade e comunidade com a história mais ampla do país”.

Em “Renegados: Born in the USA”, os leitores são convidados a sentar ao lado desses dois amigos de longa data em um estúdio de gravação abastecido com dezenas de guitarras e durante um Corvette, enquanto discutem casamento e paternidade, raça e masculinidade, os fascínios da vida na estrada e o chamado de volta para casa, alguns dos heróis americanos mais inspiradores de todos os tempos — e, principalmente, música.

Eles revelam a paixão — e o preço que pagaram — por querer contar uma história mais abrangente e verdadeira dos Estados Unidos ao longo da carreira, além de refletir sobre como o país pode superar suas divisões internas e começar a restabelecer a unidade.

Nas palavras de Springsteen: “Tivemos conversas sérias sobre o destino do país, o destino dos cidadãos e as forças destrutivas, horríveis e corruptas que gostariam de acabar com tudo. Vivemos um momento de alerta em que nossa identidade está sendo seriamente posta à prova. Conversas difíceis sobre quem somos e quem queremos nos tornar podem, talvez, servir como um pequeno guia para alguns de nossos compatriotas. […] Este é um momento para refletir com atenção sobre quem queremos ser e que tipo de país deixaremos para nossos filhos. Vamos deixar escapar o melhor de nós ou nos voltaremos unidos para enfrentar a situação? Neste livro, o leitor não vai encontrar respostas para essas perguntas, mas encontrará duas pessoas dando o máximo de si para que façamos perguntas melhores.”

“As conversas que Bruce e eu tivemos em 2020”, diz Obama, “parecem tão necessárias hoje quanto naquela época. Elas representam nosso esforço contínuo para descobrir como chegamos aqui e como podemos contar uma história mais unificadora que começa a transpor o abismo que há entre os ideais americanos e sua concretização.”

Nos Estados Unidos e no Canadá, a edição sairá pelo selo Crown e também estará disponível em espanhol nesses territórios. O livro será publicado no Reino Unido pela Viking, um selo da Penguin General Books da Penguin Random House UK, e internacionalmente nos seguintes idiomas: espanhol (Debate/ Penguin Random House Grupo Editorial), alemão (Penguin Verlag/ Penguin Random House Verlagsgruppe), português do Brasil (Companhia das Letras), português de Portugal (Objectiva/ Penguin Random House Grupo Editorial), francês (Fayard), italiano (Garzanti) e holandês (Hollands Diep).

%d blogueiros gostam disto: