Sexta Básica e Javali apresentam a segunda edição do projeto “O Carnaval Não tem Fim”

Após o sucesso da primeira edição, o projeto ‘O Carnaval Não tem Fim’, a primeira festa mensal itinerante que promete alegrar as tardes e preencher o coração dos amantes do carnaval, está de volta para celebrar mais dez horas de folia.

No dia 20 de outubro, das 13h às 23h, a área externa da casa de eventos The Week (Rua Guaicurus, 324 – Lapa) recebe o Bloco Exagerado (RJ) e o bloco Chega Mais, ao lado das DJ’s de música brasileira Lia Macedo e Nalla.

Com o desejo de recriar a verdadeira atmosfera carnavalesca durante o ano inteiro, o produtor Alberico Santos e o pesquisador cultural Thiago Costa, dois dos criadores da Sexta Básica – plataforma musical que realiza festas, shows e eventos de rua -, unem-se ao publicitário Emmanuel Villar, responsável pela Festa Javali – destaque na agenda de baladas de São Paulo.

A parceria em nome da diversão mensal nasceu depois de uma longa paquera e altas conversas, onde os três experts em eventos decidiram assumir sua paixão pelo Carnaval e se uniram em um projeto que vai tirar o confete e a serpentina da gaveta, trazendo como essência a música brasileira e a folia da maior festa popular do mundo.

O “renascimento” do Carnaval paulistano – movimento que se intensificou a partir de 2014 – e a força que ele vem tomando nos últimos anos, serviram de empurrão para criar O Carnaval Não Tem Fim.

“O Carnaval Não Tem Fim não tem casa própria e esse foi um caminho que encontramos para levar o brilho da folia a todos os cantos da cidade.”, explica o pesquisador cultural, Thiago Costa, sobre o evento itinerante. Além disso, a reunião de brasilidades pretende acontecer sempre nas tardes de sábado. “Ideais para uma farra das boas e sem estragar o domingão.”, conclui.

Bloco Chega Mais

O Bloco Chega Mais nasceu de cinco amigos, que se conheceram estudando percussão e começaram a tocar suas músicas preferidas, a maioria dos anos 80, nos ritmos ijexá, quadrilha, xote e samba. Empolgados com o resultado dos primeiros ensaios, começaram a recrutar mais gente para a bateria. Com base no repertório, veio a inspiração do nome e linguagem visual do bloco.
Rita Lee, Ultraje a Rigor, RPM, Paralamas, Blitz, Lobão, A-ha, Plebe Rude e muito mais compõem o repertório do Bloco Chega Mais. São hits dos anos 80, diretos do túnel do tempo, arranjados em ritmos carnavalescos que levam o público a cantar e dançar muito do início ao fim. É com esse set list – tocado por uma bateria de 40 ritmistas e harmonia com dois vocais, duas guitarras, baixo e trio de metais – que o Chega Mais se apresenta em desfiles pré e pós Carnaval e em eventos próprios ou contratados ao longo do ano.

Bloco Exagerado

Bloco Exagerado é o primeiro (e único) bloco de Carnaval em homenagem ao poeta do rock, o nosso maior abandonado, vida louca vida, exagerado: Cazuza.
O Exagerado nasceu a fim de trazer aos palcos muita alegria e irreverência, relembrando sucessos de Cazuza, desde a época do Barão Vermelho até seu último disco solo lançado. Músicas de outros compositores, e músicas de própria autoria, mas nunca gravada pelo Cazuza, também estão no repertório.
As versões passeiam pela veia da música brasileira. Baião, maracatu, samba, funk, ijexá e rock são alguns exemplos dos ritmos que tocam.

 

SERVIÇO:
O Carnaval Não Tem Fim – Blocos Exagerado e Chega Mais
Setlists: Dj Lia Macedo e Dj Nalla
20 de outubro (Sábado)
TW – área externa – Rua Guaicurus, 324 – Lapa
das 13h às 23h
Ingressos à venda: Sympla.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: