“A Filha das Profundezas”: com 7 milhões de exemplares vendidos, Rick Riordan apresenta uma nova aventura submarina

Depois de recontar histórias de deuses e semideuses, Rick Riordan, autor da série best-seller Percy Jackson e os olimpianos, se inspira no clássico de Júlio Verne para narrar uma aventura eletrizante no fundo do mar. A filha das profundezas, novo livro do autor lançado pela Intrínseca, é uma releitura apaixonante e divertida de Vinte mil léguas submarinas.
 
Na trama, Ana Dakkar é uma das estudantes mais dedicadas da Academia Harding-Pencroft, uma escola que forma os melhores cientistas marinhos, guerreiros navais, navegadores e exploradores submarinos do mundo. Os pais da garota morreram em uma expedição científica dois anos antes, e a única família que lhe restou foi o irmão mais velho, Dev.
 
Ana e seus demais colegas de turma se preparam para uma prova final importante e secreta, mas as expectativas da jovem vão por água abaixo quando ela testemunha uma terrível tragédia. Para piorar, a Harding-Pencroft passou os últimos cento e cinquenta anos numa guerra com a escola rival, o Instituto Land, e agora o maior medo desses bravos alunos não é tirar notas baixas, mas virar comida de peixe.
 
Correndo contra o tempo, contra inimigos ameaçadores e contra as próprias inseguranças, Ana descobre ser herdeira de um legado ancestral lendário e precisará liderar uma missão mortal para salvar seus companheiros e o lugar que aprendeu a chamar de lar. Em A filha das profundezas, Rick Riordan nos presenteia mais uma vez com a sagacidade e o senso de humor únicos que o transformaram em um fenômeno da literatura infantojuvenil, conduzindo os leitores em uma história sobre família, amizade e coragem.

%d blogueiros gostam disto: