Manola lança videoclipe de “Sexta-feira”, gravado em Nova York

Depois de lançar nas principais plataformas digitais, o single “Sexta-Feira” que inaugurou um novo momento na carreira, Manola libera nesta quarta-feira (20), o videoclipe da faixa gravado em Nova York, nos Estados Unidos. Dirigido pela própria artista, com edição de João Simi, o trabalho audiovisual é resultado de uma das recentes viagens que a artista fez ao país, com o objetivo de impulsionar seu trabalho musical. 

“Eu amo Nova York, é uma cidade de muitas possibilidades e foi isso o que eu quis retratar nesse projeto. É legal porque a gente sempre trabalha com produções grandiosas, para o clipe de ‘Sexta-Feira’ que quis me desafiar. Então eu aproveitei que estava nos EUA a trabalho e fiz registros de imagens da minha estadia. Foi meio que sem roteiro, muito fluido, que gerou esse clipe incrível”. 

Apostando na combinação do pop e do disco, “Sexta-feira” é dançante e traz todo o sentimento que o dia da semana pode representar e sobre as possibilidades que um final de semana guarda, que são contempladas de imagens da cantora em diversos lugares da Big Apple, trazendo a vibe urbana, noturna e iluminada. 

A história do clipe ganha mais luz com a edição de João Simi. O profissional, que já trabalhou com Manola no clipe de “Você Não Sai da Cabeça”, foi o responsável por dar mais luz ao projeto. “O João é um profissional incrível e uma pessoa muito querida, por isso eu logo quis trazer o olhar dele para o clipe de ‘Sexta-Feira’. Como esse trabalho tem a minha cara, ele conseguiu traduzir tudo o que eu queria na edição. Foi um processo muito fluído”, explica a cantora.

Conectada com a cidade mais global do mundo, Manola possui uma relação de proximidade com a cidade. Formada em Design, a artista estudou moda no NY Fashion Institute.

“Eu morei durante um tempo em Nova York quando mais nova para estudar, então fiz muitos amigos e a cidade em si me remete a lembranças muito boas. Ao estar aqui a trabalho, resolvi me desafiar a fazer algo que eu sempre quis, que era me dirigir e espero que seja o início de grandes possibilidades.

%d blogueiros gostam disto: