“Perry Mason”, série da HBO, conta a origem do detetive mais famoso da ficção americana

Perry Mason_Easy-Resize.com

“Perry Mason”, a produção original que vai ao ar todos os domingos, às 22h na HBO e na HBO GO, revela a história por trás do detetive mais famoso da ficção norte-americana.

O personagem do escritor Erle Stanley Gardner, vivido na série pelo ganhador do Emmy, Matthew Rhys, surgiu em 1933 como protagonista do livro O Caso das Garras de Veludo. O nome do personagem foi inspirado na infância de seu criador, que lia uma revista publicada pela The Perry Mason Company. Após o primeiro livro, Gardner publicou uma longa série de mais de 80 romances e contos policiais baseados no investigador. Com raízes na literatura pulp (histórias curtas, ficcionais e feitas para o grande público), suas histórias venderam milhões de exemplares e ganharam adaptações para o cinema, o rádio e a televisão.

Quase um século depois, Perry Mason segue como um mito. Uma das características que contribui para o sucesso de suas aventuras é sua habilidade de resolver casos complexos, provando a inocência de seus clientes, quase todos acusados injustamente de assassinato. Outro atributo clássico é sua preferência por ocorrências inusitadas, em que é movido pela curiosidade. Muitas vezes, o detetive chega a financiar suas próprias investigações. A maioria dos livros apresenta dois caminhos possíveis para solucionar o mistério: em um deles o cliente de Mason é culpado do crime e, no outro, ele surpreende a Justiça, provando a inocência do acusado. Nos primeiros romances, em mais de uma ocasião, o investigador atingiu seu objetivo manipulando provas ou testemunhas, dentro e fora das restrições legais.

A vida pessoal de Mason foi pouco explorada por Gardner que, em seus livros, focava apenas no crime e na investigação conduzida pelo protagonista. Ao longo dos anos, as diversas interações do personagem permitiram aos fãs acompanhar sua evolução. Sua ética, vida amorosa e relações profissionais ficaram em evidência com a incorporação de novos personagens, tramas e cenários. Porém, sua origem e sua jornada de consagração nunca foram abordados.

A nova série da HBO, produzida por Robert Downey Jr., mostra o início da trajetória de Mason na década de 1930. Os episódios semanais se concentram em seus primeiros anos de carreira, procurando se estabelecer como detetive particular em Los Angeles. Enquanto o resto dos Estados Unidos enfrentava o impacto da Grande Depressão, a cidade encontrava-se no auge, vibrante graças ao petróleo, aos Jogos Olímpicos, ao cinema e ao fervor religioso.

%d blogueiros gostam disto: