Telecine promove semana da visibilidade lésbica

telecine visibilidade lesbica

O cinema conta histórias, gera orgulho e visibilidade. E como esses elementos andam lado a lado, o Telecine realiza nesta semana uma série de iniciativas em homenagem ao Dia da Visibilidade Lésbica. Celebrada em 29 de agosto, a data marca a luta pelo respeito e pela representatividade do amor entre mulheres.A causa inspira especial no Cult, cinelist no streaming, exibição on-line e gratuita de Rafiki em parceria com o Sesc e a Olhar Distribuição, live no Instagram com a atriz Bruna Linzmeyer e apoio ao FestivaLBT+.

No streaming do Telecine, já está disponível a cinelist visibilidade lésbica, que reúne filmes com histórias de mulheres que amam, resistem e têm orgulho. Destaque para A Favorita, vencedor do Oscar de Melhor Atriz para Olivia Colman.

Na terça-feira, 25, às 19h, no Instagram do @telecine, a designer Yas Campbell, uma das líderes do Colorbar, grupo LGBTQIA+ do Telecine, conversa com a atriz Bruna Linzmeyer. Em pauta, a representatividade lésbica no cinema.

Na quinta-feira, 27, o Telecine Cult exibe o especial Mês da Visibilidade Lésbica, com produções que promovem reflexões sobre a causa. A maratona começa às 20h25, com o longa queniano Rafiki. O filme conta a história de amor entre duas mulheres no país em que o amor entre iguais é proibido por lei. Logo em seguida, é a vez de O Mau Exemplo De Cameron Post. Olonga conta a história de uma jovem lésbica de uma cidade do interior dos Estados Unidos que é submetida a um centro de “reversão sexual”. Fechando a sequência, é a vez de Retrato de Uma Jovem em Chamas, indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e à Palma de Ouro em Cannes.

No sábado, 29, o Telecine, a Olhar Distribuição e o Sesc disponibilizam on-line, gratuitamente, por 24 horas, na página do Sesc Digital, o longa-metragem Rafiki. O filme poderá ser assistido a qualquer momento, a partir das 20h. A parceria entre as marcas para a realização da sessão une esforços para a promoção de uma sociedade mais consciente e diversa.

Além das iniciativas como marca, o Telecine também apoia o FestivaLBT+. Com idealização e curadoria dos criadores LGBTQI+ Yasmin Campbell e Tatiana Fernandes, do @taentedida, Fernanda Soares, do Canal das Bee, em parceria com Amanda Doring, Aliny Ulbricht e Beatriz Coelho, do Festival Uneversos, a programação será completamente virtual. As atividades começam no dia 28 e incluem show da cantora Letícia Letrux, masterclass de ritmos com a maestrina do bloco Toco-Xona, Michelle Krimer, aula de escrita criativa com a atriz e roteirista Alice Carvalho e muito mais. Para conferir todos os detalhes do FestivaLBT+, acesse:@tatentendida, @canaldasbee e @festivaluneversos.

%d blogueiros gostam disto: