Donos do sucesso “Acabei de Terminar”, com mais de 40 milhões de streams, Paulo e Nathan se estabelecem como revelação no sertanejo

Em rápida ascensão no cenário sertanejo, Paulo e Nathan traçam uma trajetória de sucesso com o projeto “Nunca é de Boa”, segundo e determinante DVD da carreira da dupla que tem o diferencial de trazer duas primeiras vozes, com timbres únicos. O trabalho já cravou as bem-sucedidas “Acabei de Terminar”, parceria com Hugo & Guilherme que já ultrapassa 40 milhões de plays de áudio e vídeo e passeia pelo Top50 do Spotify, e “Uai”, com mais de 5 milhões de plays e que vem despontando em meio às plataformas digitais e no gosto dos fãs do gênero.

Presente na maior playlist de sertanejo do Spotify, “Esquenta Sertanejo”, a romântica “Acabei de Terminar”, também figura no Top 200 da Deezer. A faixa, lançada em março deste ano como primeira amostra do DVD “Nunca É de Boa”, mostra a que a dupla veio. “É uma música que a gente escutou e apaixonou de cara. Sentimos algo diferente e vimos que poderia ainda melhorar, foi quando chamamos o Hugo e o Guilherme. Somos fãs dos meninos, são companheiros de estrada. Eles toparam de cara e o resultado ficou muito bom”, conta a dupla. “Uai” segue pelo mesmo caminho e aposta numa letra romântica nas vozes marcantes de Paulo e Nathan.

A receptividade à dupla também pode ser sentida ao vivo, nos shows que eles têm feito pelo país. Neste mês, em meio à uma agenda intensa, passam por 11 cidades, entre Goiás, Minas Gerais e Pará. Os resultados começam a vir em apenas quatro meses de trabalho no novo projeto, “Nunca é de Boa”, que já teve três singles revelados, sendo a romântica “Coincidência ou Castigo” o último.

Gravado no Bahrem, um dos bares mais tradicionais do sertanejo em Goiânia, o DVD tem direção de Rafael Terra e produção de Felipe Arná. O projeto conta com a participação da dupla Hugo e Guilherme, na já lançada “Acabei de Terminar”, e Rafael Vanucci. O álbum dá início ao trabalho em parceria com a Workshow, que, ao lado da gravadora Sony Music Brasil, dará suporte para a dupla revelar todo seu potencial e se tornar a grande revelação de 2022 no gênero.

Sobre

Paulo nasceu em Uberaba, Minas Gerais. Cantor, compositor e produtor musical, começou na música aos cinco anos, tocando piano, incentivado pela família. Em 2013, começou a encarar a música como profissão, cantando pelos bares da cidade mineira. Os vídeos postados no YouTube também serviram como vitrine para seu trabalho. Com influências diversas, que vão do rock internacional ao sertanejo, começou a destacar-se por seu talento instrumental e voz capaz de passear entre estilos musicais distintos, até que foi convidado para integrar uma banda católica. Depois de oito meses ao lado do grupo, retornou aos bares de Uberaba, quando, em 2013, resolveu se inscrever no programa The Voice Brasil. A canção escolhida? “Far Away”, do Nickelback – uma de suas preferidas. No time do cantor Lulu Santos, foi até a fase das batalhas, o que lhe rendeu reconhecimento a nível nacional. Os primeiros passos já haviam sido tomados, mas faltava algo.

Nathan também vem de Uberaba. Desde pequeno, sempre gostou de rodas de música e costumava cantar com familiares e amigos em aniversários e festas de fim de ano. Aos 12, mesma idade em que começou a trabalhar em um açougue, ganhou seu primeiro violão – um presente da mãe. A vida caminhou por outros rumos e o instrumento só começou a ser usado aos 18, quando decidiu aprender as primeiras notas musicais. A música ainda não era uma realidade e Nathan chegou a trabalhar em supermercados até os 25 anos, quando, sem pretensão, começou a cantar ao lado do primo. Foi nessa época que chamou Paulo para tocar violão. Juntos, os três tocaram duas vezes em um bar, onde Paulo acabou cantando algumas músicas. O dono do estabelecimento decretou: Paulo e Nathan só voltariam ao lugar como dupla, tamanha a química musical entre os dois. O ano era 2014 e, desde então, a dupla virou uma realidade. Com um estilo mash up, misturando ao sertanejo, rock, reggae, axé e outros ritmos, a dupla vem conquistando um público fiel.

Em junho de 2018, registraram o primeiro trabalho ao vivo e escolheram Goiânia como palco, pela acolhida. A cidade também foi a escolhida para o DVD “Nunca É de Boa”, que trará o diferencial da dupla, de unir vozes e estilos distintos. Paulo e Nathan estão prontos para explodir e mostrar que pisaram no cenário musical como realidade desde o primeiro passo.

%d blogueiros gostam disto: