Jenny Herbst, cantora brasileira radicada nos Estados Unidos, lança música e clipe “Ready”

Depois do sucesso do clipe da música Copacabana no ano passado, a cantora Jenny Herbst, brasileira radicada em Nova Iorque, nos Estados Unidos, está pronta para mais um sucesso. Literalmente. Afinal, a mais nova canção de sua autoria chama-se “Ready” (Pronta, em português). Música e clipe chegaram nesta sexta-feira (22) às plataformas digitais.

“Esse é um segundo momento da Jenny, já com mais experiência vivida de lançar suas próprias coisas, com feedback, mas sempre seguindo o estilo de música que eu gosto: pop, internacional e dançante”, afirma a cantora.

Em “Ready”, a temática é a do amor, como as outras deste EP, mas sob a ótica da insegurança de se tentar e vivenciar relacionamentos.“You could find the love of your life (Você poderia encontrar o amor da sua vida) / (If you’d just take some initiative (Se apenas tomasse alguma iniciativa) / Don’t overthink, get all shy and lie (Não pense demais, fique todo tímido e minta) / Just talk, listen and be appreciative (Apenas fale, ouça e aprecie)”, sintetiza parte da letra.

Gravada em inglês em um estúdio em São Paulo, o Legacy Studios,Ready teve uma concepção diferente em relação às outras canções criadas por Jenny. “O processo de criação musical difere de produtor para produtor. Todo o álbum está sendo produzido pelo Rick Dub, meu produtor, mas esta faixa foi feita com outro (Joe Jr.). Um colega que conhecia meu estilo o indicou e fui conhecê-lo em São Paulo. Deu super certo e alinhou com o que estávamos trabalhando. Ele começou a criar no teclado e eu comecei a cantar algumas frases.No fim do encontro saimos com um mapa da música. Achamos super legal. Fui para casa com aquilo e escrevi. Voltamos uma semana depois e eu gravei. Às vezes eu chego com uma ideia de letra e ouvimos referências de sons que gostamos. No caso de Ready foi o oposto: primeiro saiu a estrutura da música e, depois, coloquei a letra em cima. Achei que fluiu mais fácil dessa forma, conta a cantora.

A gravação do clipe de “Ready” aconteceu nos Estados Unidos, em um estúdio alugado pela Music Lab, que fica no Brooklyn, em Nova Iorque. Apesar do nome e da localização, a equipe de profissionais é toda brasileira, mas residente em New Jersey.

“Em relação ao clipe de Ready, houve evolução na parte visual se compararmos com os de Lucky e de Copacabana. Naquela ocasião, eu ainda estava em meu segundo clipe oficial – ou terceiro, contando o primeiro de todos, que foi mais caseiro – e me entendendo com a câmera. No de Ready, já tive um pouco mais de firmeza, de incluir balé e dançando junto. A gente vê uma evolução de performance e de interação com a câmera”, compara Jenny.

Com roteiro de Leandro Rodrigues e direção de Renan Lincoln, o clipe de 3m10 possui referências das mais diversas, como de produções com Madonna e Jennifer Lopez, e a presença de uma companhia de dança, a Latin Connection, de Nova Iorque.

Os bailarinos originários de vários países da América Latina, dirigidos e coreografados por Brayan Llamoza, tem larga experiência em TV e teatro. O último trabalho do grupo foi no musical On Your Feet – The Story of Emilio & Gloria Estefan, atualmente em turnê pelo território norte-americano.

“Eles me deram muita confiança para fazer. Até porque meu forte não é a dança. Tive um mês para ensaiar a coreografia, mas desde janeiro estou me preparando, tentando me desenvolver melhor nos passos e manejos da dança”, revela a cantora.

Como artista independente que é, a preocupação de Jenny não foi apenas com o lado artístico. “Tive que correr com o figurino, cabelo, maquiagem e todas as outras funções nesse processo, incluindo a gestão da verba, das pessoas envolvidas, de roupas, adereços e procura por elementos de cena, como o Disco Ball aquele globo característico das baladas”, detalha. E existem ainda as naturais dificuldades de conciliar a carreira de cantora com o trabalho na área de marketing. “Não é fácil conciliar as duas coisas. E também tem o fato de eu estar sozinha nos Estados Unidos. Minha família está toda no Brasil. O trabalho no marketing é meu sustento. Formei-me no ano passado no MBA Executivo na Universidade de Nova Iorque”, conta.

%d blogueiros gostam disto: