Maneva prova que mistura de reggae e sertanejo dá certo em cover de “Evidências”

Maneva - Leonardo Rocha_Easy-Resize.com
Foto: Leonardo Rocha

Indiscutivelmente, “Evidências” é um clássico. A canção, escrita por José Augusto e Paulo Sérgio Valle, foi gravada originalmente por Leonardo Sullivan, mas tornou-se imortal nas vozes inconfundíveis dos sertanejos, Chitãozinho e Xororó.

“Evidências” também se transformou em reggae. A música foi uma das escolhidas pelo Maneva para fazer parte do décimo álbum de carreira, “Tudo Vira Reggae”, lançado no dia 1º de julho, em parceria com a Universal Music, GTS e Base 4. O filme, dirigido por Julio Loureiro, pode ser conferido a partir de hoje no canal oficial da banda no YouTube.

Imprimindo uma musicalidade particular, o Maneva propôs os arranjos do som jamaicano em “Evidências”, tornando-a ainda mais dançante. “Ela vem bem de encontro à proposta do álbum, que reúne obras primorosas da música popular brasileira em novas versões. Não existe uma só pessoa nesse país que não conheça ‘Evidências’. Tê-la em nosso repertório é uma honra, além de uma justa homenagem a esses dois compositores, Paulo Sergio e José Augusto, que conseguiram eternizar sentimentos em uma bela canção. Chitãozinho e Xororó são monstros, ídolos daqueles que, assim como nós, verdadeiramente amam a música”, fala Tales de Polli, vocalista do Maneva.

“Ao longo dos anos temos visto a música ‘Evidências’ ganhar várias versões, formatos e estilos. É incrível perceber o quanto a arte ultrapassa fronteiras culturais para tocar os mais diferentes perfis de ouvintes”, disseram Chitãozinho e Xororó.

Conhecidos pelas canções autorais, essa é a primeira vez, em 15 anos de história, que o Maneva lança um álbum apenas com releituras. As faixas, que estão disponíveis em todos os aplicativos de música, celebram o Dia Internacional do Reggae (comemorado em 1º de julho), reunindo 10 canções dos mais diferentes ritmos em versões exclusivas.

Assista:

%d blogueiros gostam disto: