Novos singles de Fernanda Porto marcam o lançamento do selo da artista

fernanda porto_Easy-Resize.com

Dentro de um relacionamento amoroso, quantas vezes nós nos encontramos dependentes do outro para garantir a nossa própria felicidade? No single lançado nessa sexta (19), Melodia Infinita, Fernanda Porto canta sobre o sentimento bom de assumir o prazer de uma relação saudável em que cada um dos lados tem o seu espaço emocional. “Só quero você na hora certa. Você vai e vem, mas não me sinto só. Um fio, uma linha não precisa de nó”, diz a letra da canção, que faz parte do selo recém lançado de Fernanda, Giramundo Records. Pioneira na mistura da música eletrônica com a música popular brasileira, a artista colocou em Melodia Infinita os acordes da MPB com uma ambientação Trip Hop, permeado por teclados e um baixo simples.

A artista retorna ao mundo dos lançamentos musicais, que não poderia acontecer sem uma novidade em experimentação: ela assina a direção artística, a produção musical, os arranjos e a gravação de todos os instrumentos e voz do novo álbum, Corpo Elétrico e Alma Acústica. Com cinco singles já lançados (Corpo Elétrico, Tempo Me Ensina, Um Dia Inteiro Só Pra Nós, Eu já te conheço e Tá Tudo Bem?), ela reafirma sua marca e resgata o conceito de seu primeiro disco. “A produção musical é uma aventura sonora que eu gosto muito. Eu sou apaixonada pela possibilidade de buscar sonoridades, fazer arranjos, criar batidas diferentes. Produzir meu próprio álbum é sentir uma química da música com minha personalidade, é garantir que eu estou ali por inteiro”, completa a artista.

É de Fernanda Porto o hit Sambassim, canção que fez sucesso pelo mundo inteiro em 2002. A artista foi a precursora do ritmo que mistura a bossa nova com com o drum and bass, popularizando o gênero drum ‘n’ bossa em todo o mundo. Além disso, Fernanda foi reconhecida pelas releituras eletrônicas de clássicos da música brasileira como Só Tinha de Ser Com Você (Tom Jobim/Aloysio de Oliveira), Roda Viva (com participação do autor Chico Buarque), Charme do Mundo (com participação de Marina Lima) e Sampa (Caetano Veloso).

Fernanda Porto é cantora, compositora, produtora musical e multi-instrumentista brasileira. A artista nunca enxergou limites entre ritmos e estilos, conseguindo assim encontrar uma identidade única ao trazer elementos da nova música eletrônica para o universo da canção brasileira. Entre seus principais sucessos, estão canções de sua autoria como Sambassim, Tudo de Bom e Amor Errado, além de releituras para clássicos de compositores brasileiros tais como Só tinha de ser com você, Roda Viva e Sampa. Em sua carreira fonográfica, lançou três CDs autorais e um DVD gravado ao vivo: Fernanda Porto (2002), Giramundo (2004), Fernanda Porto ao Vivo (2006-DVD e CD) e Autorretrato (2009). Em sua trajetória como intérprete, gravou ao piano a canção Hoje de Taiguara no DVD “A voz da mulher na obra de Taiguara” (Eldorado) no Memorial da América Latina, além de interpretar Sentado à beira do caminho, de Roberto e Erasmo Carlos, para o DVD “40 anos da Jovem Guarda” (Universal).

Foi duas vezes nomeada ao Grammy Latino, teve “Disco Duplo de Ouro” em seu disco de estreia e ganhou o VMB (MTV) de melhor videoclipe de música eletrônica. Já gravou com nomes como Chico Buarque, Marina Lima, Toni Garrido e Daniela Mercury. Com uma carreira consolidada, seu talento a levou a turnês internacionais pela Europa, Estados Unidos e Japão. Fernanda já dividiu o palco com artistas de diversas gerações como Elza Soares, Zélia Duncan, Frejat, João Donato, Toni Garrido, Fernanda Takai, Paula Lima, Chico César, Marcos Valle, Banda Bossacucanova, Roberto Menescal, Marina Lima, entre outros.

%d blogueiros gostam disto: