Ruxell, um dos produtores mais requisitados do momento, lança faixa com Jerry Smith, Felipe Original e MC Anônimo

Sempre antenado e produzindo diferentes batidas, Ruxell se prepara para fazer ainda mais barulho neste Carnaval. Sua nova aposta se chama “Beat Envolvente”, um ‘pop brega funk’ que promete grudar igual chiclete na cabeça do público. A faixa é uma parceria com Jerry Smith, Felipe Original e MC Anônimo, grandes nomes do brega funk nordestino. A produção é assinada pelos Dogz e sai nesta sexta-feira (14) pelo Inbraza, selo pop da Som Livre.

A faixa vem acompanhada de um clipe gravado no Rio de Janeiro com muita dança, cores e alto astral. A coreografia sob o comando dos dançarinos recifenses VT Quebradeira e Williams Frajola vem carregada de muita atitude a originalidade. A direção é de Philippe Rios e Lucas Rangel.

Sobre as expectativas do lançamento, Ruxell dispara: “As pessoas podem esperar muita energia, alegria, coreografia chiclete e claro, aquele beat envolvente pra todo mundo dançar no Carnaval e se divertir da melhor forma”. O artista conta que a música surgiu de um papo com os Dogz sobre misturar fortes elementos sonoros jamaicanos a composições do pop: “Quis fazer essa mistura toda com 100% de foco na dança, de uma forma leve e enérgica para qualquer tipo de pessoa poder dançar”. Ruxell também afirma que a escolha de grandes artistas do segmento trouxe bastante personalidade para extrair o ‘cypher’ do brega funk: “Foi super tranquilo e prazeroso trabalhar com Jerry, Felipe e Anônimo, essa galera da pesada que eu sou fã. Me sinto muito agradecido pela dedicação deles no projeto. Fico muito feliz de poder ter unido todo mundo para tornar isso real”.

Ruxell segue comemorando o bom desempenho de “Paz, Amor e Grave”, parceria com Gloria Groove e Rincon Sapiência. A faixa que marcou seu primeiro lançamento como artista do Inbraza já acumula mais de 1 milhão de views no YouTube e também de plays no Spotify.

Confira entrevista com o Ruxell:

– O Carnaval é um desafio para muitos artistas na disputa para ter um hit e você juntou um time de peso. Você encarou esse lançamento como um desafio ou uma parceria entre amigos?

Foi uma parceria de uma forma bem natural! Esse é o meu segundo single e vai ser provavelmente a música mais dançante do meu álbum que vai ser lançado esse ano. Fizemos essa música com o intuito de trazer muita alegria e dança de uma forma diferente dentro do brega funk, com influências do dancehall e da música pop. Não fizemos esse som pensando em ser o hit do carnaval e sim aproveitar o momento em que as pessoas estão com esse mindset de se divertir e dançar.

– O Dogz já é referência no mercado fonográfico e participou na produção de grandes hits. Como é para você fazer parte disso? Como é levar essa experiência para seus projetos?

É uma grande honra trabalhar como Dogz e ainda mais ter os meninos trazendo esse legado pra dentro da minha carreira. Estamos fazendo tudo muito bem pensado de acordo com o que eu quero passar como artista assim como fizemos com todos os artistas que já trabalhamos. Fico muito feliz das pessoas curtirem as nossas músicas e os nossos trabalhos e que a gente continue fomentando o mercado da música pop urbana cada vez mais e agora colocando meu trabalho autoral para todos conhecerem o Ruxell como pessoa e artista.

– Agora falando das pacerias: Jerry Smith, Felipe Original e MC Anônimo. Hoje você acha que o funk acabou ficando pop também? Dá para misturar tudo com o pop?

Eu to me sentindo muito realizado de poder unir esses caras em uma track tão importante pra mim, eles foram muito generosos e entraram de cabeça. Agora sobre o funk: Sim! Sem dúvidas o funk se engloba na cultura pop pois é um dos estilos musicais mais consumidos no Brasil. O pop é incrível porque é uma grande mistura de tudo, desde o funk com diversos bpms e melodias trabalhadas até a fusão do funk com outros ritmos como o trapfunk, funketon e o brega funk.

– Você postou nesta semana uma foto dos bastidores do clipe e parece que tem muita coreografia por aí. Fala um pouquinho da gravação, do clima e claro, de como serão os movimentos. Dá tempo para gente ensaiar para o Carnaval, né?

Essa vai ser moleza, todo mundo vai pegar o passinho do beat envolvente pro carnaval. Graças a Deus tudo fluiu de forma muito tranquila no dia da gravação. Todos estavam felizes, desde a equipe que trabalhou no set até os dançarinos e artistas. Foi uma produção incrível e conseguimos passar o auê gostaríamos que era colocar o brega funk com a minha estética futurista/pop. Espero que vocês se divirtam muito com essa música assim como nós que fizemos com muito carinho! Tamo junto, bom carnaval pra geral! Axé!

Assista “Beat Envolvente”:

%d blogueiros gostam disto: