Autorizada pela cantora Anitta, Laura Schadeck lança releitura de “Meiga e Abusada”

Laura Schadeck - foto Danillo Gram
Foto: Danillo Gram

Gravado, no primeiro momento, em Camboriú, Santa Catarina, Laura Schadeck não imaginava que grandes emoções estavam por vir. Vinte e quatro horas antes do upload do vídeo “Meiga e Abusada” para o YouTube, adversidades impediram a artista de publicar o material, tendo assim, duas únicas opções: refazer o conteúdo ou adiar o lançamento. Foi então que ela viajou para o Rio de Janeiro, onde produziu seu novo audiovisual.

Com direção e roteiro assinado por Danilo Fernandez, ela mostrou que faz jus ao título que recebeu na web. Conhecida como a “10/10”, ela vem hipnotizando, ainda mais, seus seguidores, além de estar conquistando novos fãs, com tamanho talento, beleza e simpatia.

Vestida de vermelho, o toque sensual, foi idealizado por Gabi Werden, responsável por produzir campanhas internacionais para grandes marcas, como FYI, Agilità, Litt, entre outras e fashion editorials para revistas conceituadas no mercado, por exemplo, GQ, Vogue e Marie Claire.

Segundo a stylist, toda proposta foi desenhada com objetivo de valorizar a silhueta romântica e moderna. “Contamos com parcerias singulares que, com certeza, fizeram toda diferença no produto final. Iorane, Schutz, Elle Cinq e as internacionais NXT LVL e Chanel, são incríveis, assim que conectamos, de forma ideal, com Laura, trouxemos toda elegância, sensualidade e conceito que ela gostaria à tona”, conta Gabi Werden.

Já na make, Paula Sholl explica que todos os pontos foram pensados com cautela. “Não queríamos causar grandes transformações e consequentemente, atribuir mais idade a ela. Materializamos o ‘Meiga e Abusada’ de acordo com a faixa etária da Laura. Pensamos no vermelho como a ‘cor-chave’ que traz esse tom de ‘Abusada’ e no rosto tivemos cuidado, para ser algo mais sutil e leve. Essa leitura ‘angel’ é o perfil dela, e o importante é trazermos verdade, sempre”, declara Paula, profissional que maquia uma das maiores atrizes brasileiras, Fernanda Montenegro.

A maturidade musical da jovem de 17 anos surpreende. Desde o anúncio que seguiria carreira solo, em abril de 2019, ela acredita que está faixa é um divisor de águas em sua trajetória. Afinal, foram dois covers virais, que ultrapassaram mais de 22 milhões de views.

“Como compositora, sempre acreditei que a música busca o seu intérprete, independentemente de quem a escreve. Desde a primeira nota que eu toquei no piano e cantei, foi inexplicável a forma intensa e mágica que eu me conectei com essa ‘Meiga e Abusada'”, discursa Laura.

Desde os 8 anos de idade Laura vive a carreira artística, tendo como influências Michael Jackson, Demi Lovato, Ariana Grande, Taylor Swift, Katy Perry e Justin Bieber. Participou em 2016 do The Voice Kids, no qual foi semifinalista. No mesmo ano, com apenas 13 anos, foi intérprete de “Cool For The Summer”, da Demi Lovato, que integrou a trilha sonora da novela “Malhação – Pro Dia Nascer Feliz”, da Rede Globo.

É autora, juntamente com Gabrieu, e intérprete do hit “Meu Crush”, do grupo BFF Girls, que conta com mais de 110 milhões de visualizações no canal da banda. No mesmo ano Em 2019, focou em seu trabalho solo para se consolidar como um dos grandes nomes desta nova geração pop. Seu primeiro lançamento foi “A Gente Não Para”, que ultrapassa 2.7 milhões de views, seguido por “Por Quê”, com Dreicon, que tem mais de 1.1 milhãol views.

Este ano, em janeiro, ela lançou sua segunda música em inglês, “What I Like”, juntamente de Gianni Petrarca e Ramori. Já em Março de 2020 lançou o single, “Aquele Garoto”, com mais de 467 mil views, é mais uma de suas composições escritas com apenas 13 anos de idade para o “Meu Crush”.

Assista:

%d blogueiros gostam disto: