Conheça a australiana MAY-A e o single “Apricots”

MAY-A_Easy-Resize.com

“Apricots” é uma onda de emoção profundamente sentida, onde a linha de guitarra cintilante da faixa dá lugar à crise do refrão, enquanto MAY-A examina o terreno interno da vida real e chega a um acordo com a própria sexualidade, contrabalançando questões de identidade com um relacionamento queer florescendo. “Apricots” vem na sequência do single “Green”, que estreou no Home e Hosed with Declan Byrne, recebeu rotação completa no triple j e ganhou elogios da mídia especializada, que inclui Pilerats, Purple Sneakers, Best Before e muito mais, entre eles, triple j Unearthed, que a nomeou Artista de Destaque em junho.

Sobre a faixa, MAY-A compartilha: “‘Apricots’ é, em última análise, uma história sobre uma amizade entre duas garotas, mas não no sentido tradicional, é um diálogo interno entre minha cabeça e meu coração. Essa música é superimportante para mim porque eu a escrevi na época em que estava chegando a um acordo com minha sexualidade e percebendo que tinha sentimentos por uma garota pela primeira vez. Eu originalmente comecei a escrever sobre um relacionamento, mas à medida que evoluiu, tornou-se mais sobre meu eu atual falando com meu eu do passado”.

Ela continua: “a letra ‘up in my mind we’re together, I’m sorry I forgot, you’re not looking for a person, that’s something you’ve already got’ (em tradução livre: ‘na minha mente estamos juntos, desculpe, esqueci, você não está procurando uma pessoa, isso é algo que você já tem’) é basicamente eu falando sobre meu passado e quando tive um namorado . Nós realmente não funcionávamos bem juntos, mas eu continuei fechando os olhos para isso porque eu achava que ficávamos bem juntos quando na verdade não tínhamos nada em comum e éramos muito estranhos o tempo todo. Se eu soubesse que gostava de garotas, nunca teria chegado até lá. A música é, em última análise, uma carta para o meu eu mais jovem, ajudando-a a aceitar o fato de que está procurando por algo que ‘ela nem sabe que quer’ e deixando-a saber que está tudo bem”.

“Apricots” é o quarto single da prolífica compositora, que está constantemente compartilhando a anteriormente privada mina de ouro com o mundo exterior, construindo uma discografia considerada e, certamente, diversa a partir de mais de 100 demos. Escrevendo música desde os 12 anos de idade, MAY-A aperfeiçoou uma marca de composição que combina as estruturas pop clássicas e a narrativa dos favoritos dos pais que permearam sua casa desde infância, com as sensibilidades pós-gênero de Billie Eilish, a indiferente e irreverente presença da geração Z de Clairo e a poesia suburbana de Lorde. Com narrativa comovente e elíptica, lirismo observacional perspicaz e composições repletas de viradas musicais, MAY-A interroga as realidades da juventude com clareza e maturidade além de seus 19 anos.

“Apricots” também chega com o anúncio da gravadora global e contratações de agentes com a Sony Music (ANZ), Mike Greek na CAA (Florence and The Machine, Haim , Sigur Ros) e Evan Davis na Village Sounds (Vance Joy, Wafia).

Ouça:

%d blogueiros gostam disto: