Conheça Omar Apollo, nova aposta da Warner Music Group

Letras que falam de amor e aceitação, com batidas que mesclam diversos gêneros musicais com sua latinidade ancestral, acompanhadas de uma voz rouca e melódica – e clipes que são um deleite para os olhos. Essa é a mistura que faz de Omar Apollo uma das maiores apostas do bedroom soul dos últimos anos. Ele lançou nesta quinta-feira (8) o single “Go Away”. Confira o clipe:

Filho de pais mexicanos, mas nascido nos Estados Unidos, Omar Apollo cresceu em meio à muita influência musical e cultural. Desde muito cedo, ouvia grandes nomes da música como Prince, Stevie Wonder, Brandy, Musiq Soulchild, e descobriu que, mais do que estrelas mundiais, esses artistas eram contadores de histórias. E ele queria seguir o mesmo caminho.

Aos 11 anos, ganhou sua primeira guitarra e, aos 18, começou a se arriscar no Soundcloud. Sua primeira aposta veio em 2017, quando um amigo que acreditava em seu talento emprestou 30 dólares para que ele subisse o single “Ugotme” no Spotify e, desde então, Omar conquistou o mundo.

Com mais de 18 milhões de views em seus clipes no Youtube, 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify, dois Eps – “Stereo” e “Friends” – e o projeto “Apolonio”, lançado durante a quarentena e produzido do quarto do artista, Omar Apollo mostra que é possível fazer música sem carregar apenas um rótulo de gênero.

“Você pode tocar tipos diferentes de música com o mesmo instrumento, então eu trato a minha voz da mesma forma. Eu não quero ser classificado como ‘estilo do Omar’. Quero ir para todos os lugares com a minha música, passando pelo R&B, o reggaeton e o corrido – tudo”, desabada o artista.

Comparado pela Rolling Stone americana com artistas como Prince, Frank Ocean e D’Angelo e como o próximo popstar indie pela GQ, Omar anunciou recentemente a segunda tour de sua carreira “Desvelando Tour”, que começa no final de julho, em Chicago, tocando no palco do Lollapalooza, e passando por 27 cidades.

Mais sobre o artista:
– Elogiado pela GQ americana como uma das melhores apresentações em palco da sua geração;
– Foi apontado pela Rolling Stone americana, em 2019, como um dos artistas que o público deveria conhecer;
– Convidado para Lollapalooza pela segunda vez consecutiva;
– Gravou Hey Boy com Kali Uchis, cantora norte-americana de origem colombiana – um dos nomes mais incensados da música latina.

%d blogueiros gostam disto: