Jáder lança álbum de estreia “QUEM MANDOU CHAMAR???”

Foto: UHGO

Um dos nomes em destaque na música brasileira que vem representando a comunidade LGBTQIA+ é sem dúvidas Jáder. Após lançar quatro singles que anunciaram sua carreira solo, o pernambucano, que vem desbravando o forró e seus subgêneros, já soma mais de 1 milhão de streamings nas plataformas digitais e agora lança seu álbum de estreia “QUEM MANDOU CHAMAR???”, produzido por Barro e Guilherme Assis e que vem acompanhado por fashion films dirigido por Gabriel Furmiga e UHGO.

Jáder já vem mostrando em suas composições o amor como fio condutor deste álbum. Mas, não aquele amor heteronormativo versado e focado no prazer masculino comum no forró. Mas sim um amor diverso, plural, possível de ser sentido em outros corpos. O disco que começou com as referências nesse gênero majoritariamente masculino, foi se ressignificando com composições ousadas, diversificadas, que contemplam vários corpos e prazeres.

“Esse é um trabalho sensual e sexual, que exala o desejo carnal de um corpo dissidente e esse lançamento tem a sua importância por ser um disco de forró lançando no mês da visibilidade LGBTQIA+”, contou.

Entre o deboche e a sensualidade, Jáder, que vem apresentando sua veia latina mais fortemente, passeia entre os elementos da música pop como piseiro, forró e reggaeton mesclados ao eletrônico, resultando em uma atmosfera sonora propícia para dançar pele com pele e coladinho.

Com a produção musical assinada por Barro e Guilherme Assis, “QUEM MANDOU CHAMAR???”, conta com as participações de Johnny Hooker na faixa “Larga esse Boy”, que foi lançada como single, Uana na faixa “Falso Encanto”, Jéssica Caitano em “Te Dar” e Riquelme na música que dá título ao disco. “Riquelme é um dos maiores instrumentistas de forró vivo e para mim é de grande importância tê-lo no meu álbum de estreia”, contou.

%d blogueiros gostam disto: