Produtora Malka abre o MIA, Festival de Música Instrumental que terá estreia online nesta quinta (9)

Foto: Larinha R. Dantas

Começa hoje (9) o MIA, festival de Música Instrumental. O evento tem como ponto de partida mapear e dialogar as produções da música instrumental pelo país, e entender seus rumos, repertórios e ideias. Com uma programação ampla de entrevistas, apresentações e diálogos, a edição deste ano se expande ao interior paulista, sendo sediado por Araçatuba entre os dias 09 a 12 de setembro e Taubaté de 16 a 19.

Em sua segunda edição virtual, o conceito é ampliar os campos de conexão, os campos geográficos e os espaços de troca e produção entre os diferentes contextos do tem ocorrido na música instrumental agora. 

Malka, produtora musical de renome com mais de 20 anos de carreira, que é  multi-instrumentista, DJ, pianista, guitarrista, cantora, compositora, violonista e produtora cultural abre o evento hoje. A artista ao lado de mais cinco músicos Cristiano Silva (bateria), Felipe Guedes (baixo), Macaxeira Acioli (percussão), Mari Santata (flauta) e Viviane Nukamoto (guitarra) compôs e produziu a peça ”Carta de Amor ao Povo Potyguar” que estreará hoje a edição de 2021 do MIA, com apresentação às 21h.

“Foi uma oportunidade boa de mostrar outro lado meu, o de compositora e arranjadora de música instrumental. Foi uma oportunidade de explorar esse outro lado que eu tenho, que eu gostaria de ter mostrado antes já. No MIA, ter feito essa produção à distância, pude explorar esse lado que eu não exploraria normalmente, então foi importante”, comenta Malka.

Realizado pela Prefeitura Municipal de Araçatuba, Prefeitura Municipal de Taubaté, Poiesis, Oficinas Culturais, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Governo do Estado de São Paulo e curadoria de Ana Morena, Letieres Leite e Louise Woolley, você pode conferir a programação pelo site e acompanhar o evento pelo canal do Youtube: youtube.com/OficinasCulturaisdoEstadodeSaoPaulo.

%d blogueiros gostam disto: