As Patroas Marília Mendonça, Maiara e Maraisa preparam live com inéditas para a próxima semana

Marilia Mendonça e Maiara e Maraisa_Easy-Resize.com

As patroas mais empreendedoras da música sertaneja, Marília Mendonça, Maiara e Maraisa, farão no próximo sábado, 24 de julho, às 20h, mais uma live juntas. E com parte do repertório inédito – inclusive uma das músicas, oportunamente divulgada pelas artistas por conta da situação envolvendo o DJ Ivis e a mulher, Pamella Holanda, estará na transmissão ao vivo. O nome da música não foi oficialmente informado, mas de acordo com uma legenda postada por Marília, deve se chamar “Você Não Está Sozinha”.

Nesta quarta-feira (14), as artistas conversaram com os jornalistas para falar sobre a live e, nos primeiros momentos do papo, foi divulgado pela imprensa que o DJ havia sido preso. “É o mínimo que tinha que ser feito”, comemoraram as artistas, quencontaram que quando ouviram a música, chegaram a chorar. “Relacionamento Abusivo”, composta pelo irmão de Marília, João Gustavo, é uma das, pelo menos por enquanto, nove músicas inéditas que vão compor uma parte do repertório da live que deve contar, também, com os maiores sucessos das Patroas.

“As pessoas cobram um posicionamento, então sentimos necessidade de entrar em causas como a violência contra a mulher. A gente sempre se questiona até chegarmos a um denominador, um repertório que tem todo discurso um e conceito. A ligação entre as três é importante pra evolução não só pessoal, mas também do trabalho e das mulheres. Questionamos todos os posicionamentos. São três mulheres pensando na evolução”, comenta Maiara.

Elas invadiram o mundo da bota e do chapéu e mudaram o rumo da prosa em 2016. Trouxeram letras fortes para mulheres atuais e cheias de atitudes. Conquistaram não só o público feminino como também o masculino. Criaram a “Festa das Patroas”. Totalmente reformulado, o projeto ganhou título de “Patroas”. Lá atrás, quando a festa ganhou nome, a ideia não era só mostrar a força das mulheres como também, impulsionar a carreira das três.

Durante a pandemia, puderam estar mais tempo juntas. “Nós estávamos vivendo no automático, não conseguíamos nos concentrar na parte criativa”, conta Maraisa sobre o período antes da pandemia. Por sua vez, no começo da crise sanitária, a artista conta que ficaram ansiosas, porque a primeira – ou segunda casa, palco, foi tirado “e bateu ansiedade, mas conseguimos resgatar um tempo e focar no que já não fazíamos há um tempo, que era compor juntas, criar projeto, conceito, pôr em dia as fofocas”.

A pandemia fez, inclusive, com que as artistas decidissem empreender. Fundaram a chopperia Potiguar, que hoje é a principal patrocinadora dos projetos das sertanejas. “Ver três mulheres crescendo juntas e fazendo trabalho de forma séria, segura. Estamos há tanto tempo no mercado – considero tempo porque o tempo passa rápido e é cada vez mais difícil se manter. Construímos algo muito sólido”, conta Marília. “Nós amadurecemos desde que começamos, aprendemos muita coisa e vmos falar sobre histórias diferentes nas nossas carreiras. São muitas mulheres para serem representadas, histórias para serem contadas, inclusive as nossas”, completa.

No bate-papo o Caderno Pop perguntou às três se aproveitar a live para gravar músicas inéditas não tira a surpresa dos fãs quando as faixas forem lançadas. Segundo Maraisa, isso não ocorre “de forma alguma”, pois já tiveram essa experiência em lives anteriores e é o mesmo padrão dos DVDs, que os fãs iam até as cidades, conferiam as novas canções, muitas delas nunca tocadas antes. “A live é como se fosse show. É um tempo que as pessoas tiram pra assistir, viver a emoção junto com a gente”, acrescenta Marília.

Elas também falaram sobre a expectativa de volta aos palcos, mas mesmo com o suave avanço da vacinação, isso não deve ocorrer, pelo menos por enquanto. “Não sabe quando tudo deve voltar ao normal. Nós chegamos a fazer shows drive-in e com restrições, mas tivemos que parar de novo à medida que iam aumentando os casos. Não criamos expectativas porque as coisas precisam ser resolvidas. Torcemos e comemoramos toda notícia boa. Por enquanto a gente tem uma turnê agendada nos Estados Unidos”, lembra Maraisa. Marília, diz que espera segurança para voltar com os shows. Enquanto isso não acontece, é se preparar par as lives. “Vocês podem esperar o melhor repertorio do ano, a gente nunca se dedicou tanto. É um repertorio equilibrado, vários assuntos que os fãs nunca ouviram as três cantando”, completa dando um spoiler do que está por vir.

%d blogueiros gostam disto: