“Raio X”: Carol Biazin surpreende em super parceria com Dilsinho

Foto: Lana Pinho

Carol Biazin chegou com os dois pés na porta em seu primeiro álbum “Beijo de Judas” mostrando porque é um dos maiores nomes do pop nacional. A sua legião de fãs fez do projeto um grande sucesso e, agora, a cantora retribui com uma parceria surpreendente em seu último single. “Raio X” chega a todos aplicativos de música nesta quarta-feira, 20 de outubro, com participação de ninguém menos do que o príncipe do pagode: Dilsinho. A dupla ainda se encontra em clipe minimalista disponível no canal do YouTube da cantora.

Sensível, romântica e a mais acústica do projeto, “Raio X” fala sobre um amor proibido, de duas pessoas que querem estar perto, mas pelas circunstâncias da vida não conseguem. No refrão envolvente e profundo, as vozes potentes de melódicas de Carol e Dilsinho se misturam em uma explosão de sentimentos nos versos: “É que cê me olha feito um raio-x, tenta encontrar o que eu nunca vi em mim. Juro por Deus que eu tô por um triz, mas é melhor perder do que se arrepender”.

“A minha ideia era ter em “Beijo de Judas” uma faixa acústica e eu achei essa música tão sincera, me mostra tão vulnerável, que eu entendi que ela não precisaria de muito pra ser uma boa música”, explica Biazin.

“A ideia de convidar o Dilsinho existe desde de o dia que eu escrevi o refrão da música. Eu achei a cara dele e que faria muito sentido ter ele na faixa. A música chegou a subir pro álbum sem a participação, mas depois conseguimos realizar essa parceria e a sensação é que ele sempre esteve ali”, completa.

Apesar de ser uma música romântica, o clipe traz uma vibe mais pessoal. Minimalista, as cenas passam pela busca interior da própria Carol até seu encontro com ela mesma. O mesmo acontece com Dilsinho.

“A gente quis tirar esse pé da letra do clipe, levamos muito para esse lado de eu mesma me encontrar, a Carol se encontrar em uma nova versão. O que é muito interessante porque finaliza o ciclo de Beijo de Judas, eu era uma pessoa no início do álbum e no final eu sou outra pessoa. É um momento de perceber o quão grande eu sou, do que sou possível, capaz, me vejo muito grandiosa no final deste clipe”, conta.

Sobre o futuro, Carol Biazin promete continuar com as surpresas. “Eu sempre tento vir com outras novidades a cada trabalho uma nova Carol. Com certeza, em 2022, teremos sim essa versatilidade de poder colaborar com artistas de outros gêneros e ainda assim manter quem sou! Sempre me vi muito flexível dentro da música, a muito tempo achava que era um problema por não saber direito onde era para eu estar, mas hoje eu sei que posso estar em qualquer lugar e ainda ser eu”, finaliza.

Com apenas 24 anos de idade, Carol mostra-se uma grata realidade da nova geração do pop brasileiro. A ruiva é coautora dos singles “Pouco de você”, do cantor Vitão, “Juntinho” da Rouge, “Complicado”, de Vitão e Anitta e vencedora dos prêmios Pop Mais na categoria artista revelação e aposta do ano do Prêmio Jovem Brasileiro em 2019. A ruiva inclusive é coautora de cinco canções do novo álbum de Luisa Sonza. A paranaense assina as canções “Penhasco”, “Melhor Sozinha”, “V.I.P”, “2000” e “Anaconda”. Os números da cantora também impressionam! No YouTube, Carol já contabiliza 813 mil inscritos e 88.3 milhões de acessos em todo canal. Já no Instagram, soma mais de 721 mil seguidores e mais de 141 mil fãs no Twitter. Carol foi finalista do The Voice 2017 no time da cantora Ivete Sangalo.

%d blogueiros gostam disto: